Funcionários da HTC presos por suspeitas de espionagem industrial

HTC

Alguns executivos da fabricante de smartphones HTC foram presos durante o fim de semana em Taipei, supostamente devido a espionagem industrial e roubo de informação.

Entre os detidos pelas autoridades encontram-se o senior manager da equipa de design e criador do HTC One, Justin Huang, o vice presidente da secção de Design de Produtos, Thomas Chien, e o director do setor de Pesquisa e Desenvolvimento, Wu Chien Hung.

Aparentemente, os três funcionários planeavam utilizar os segredos industriais obtidos a partir da HTC para criar uma nova empresa também na área dos smartphones e tecnologia, direcionada para o mercado chinês. O trio até já tinha registado o nome da firma, Xiaoyu, e planeavam despedir-se depois de receber os bónus relativos ao primeiro semestre de 2013.

A informação obtida pelos três suspeitos está relacionada com o ainda secreto Sense 6.0. A presidente da HTC, Cher Wang, alertou a polícia para o roubo da informação, bem como para a falsificação de transações entre maio e julho. Entretanto, alguns suspeitos foram libertados sob fiança, mas Thomas Chien e Wu Chien Hung permanecem presos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui