Sony planeia testar o protótipo Vision-S na via pública

Red Magic 6S

O Vision-S foi apresentado durante a CES 2020 que decorreu em janeiro deste ano, antes do início da pandemia de coronavirus. O modelo apresentado consistia ainda num modelo conceptual, no entanto, para surpresa de muitos, parece que este novo automóvel fabricado pela Sony tem pernas para andar.

O anúncio ocorrido na CES foi sem dúvida algo bastante inositado, dado que ninguém esperava que a marca de conglomerado — presente em tantos focos de ataque — estivesse alguma vez disposta a apresentar um automóvel elétrico. O Vision-S tem a previsão de contar maioritariamente com tecnologia da própria Sony, nomeadamente ao nível do processamento e dos sistemas de apoio à condução.

Ainda nessa altura, fonte da Sony sugeria que o automóvel não fosse chegar às estradas tão cedo, dado o precoce estado de desenvolvimento. Contudo, parece que essa ideia ficou para trás no tempo. Parece que a empresa que tem forte posição no mundo audiovisual, cinematográfico, som e imagem e até nos videojogos, vai mesmo avançar com um automóvel digno de enfrentar uma Tesla ou uma Polestar.

O reforço desta intenção em trazer o veículo à vida fica ainda mais patente com a descrição publicada no vídeo publicado pela fabricante. “[…] Chegou a Tóquio com vista a melhorar a nossa tecnologia de deteção e de áudio. O carro protótipo tem estado também em desenvolvimento para teste na via pública durante este ano fiscal”. Dado que o ano fiscal japonês começa a 1 de abril, ficamos a perceber que os japoneses seguem já com quase quatro meses de testes em rua, o que é fantástico.

Inicialmente, a Sony falava-nos no desenvolvimento de um automóvel piloto que tinha por objetivo demonstrar as potencialidades da marca no desenvolvimento de software para outros fabricantes, no entanto, parece que essa ideia inicial acabou por ser ligeiramente alterada, dado que a empresa de conglomerado tem avançado mais numa direção de construção do automóvel e desenvolvimento como tal.

Quando falamos das ajudas à condução, o Vision-S permite sistemas de condução autónoma, incluindo diversos recursos, entre eles o reconhecimento de objetos e pessoas fora do veículo — tudo isto graças a um conjunto de 33 sensores que auxiliam totalmente o sistema de processamento do automóvel —, além disso, conta também com um ajuste automático de definições de conforto com base no condutor. Posto isto, tendo por base o entretenimento dos ocupantes, o modelo possuí ainda o “360 Reality Audio“, uma solução que conta com colunas localizadas nos quatro encostos de cabeça a fim de proporcionar um efeito de imersividade.

Provando que não estão para brincadeiras, os engenheiros da Sony garantem que o veículo com dois motores de 200kW de potência consegue uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em aproximadamente 4,8 segundos, alcançando uma velocidade máxima de 240 km/h. Em janeiro, a marca assumia que o automóvel tinha nível 2 de condução autonóma, mas por esta altura, pode ser que já tenham elevado a fasquia ao nível 3 (como já acontece com os Tesla).

O Vision-S é cada vez mais uma realidade, pelo que é esperar que saibamos mais novidades brevemente, pois é bastante curioso o rumo a ser levado pela empresa de conglomerado japonesa no futuro, especialmente durante a proliferação da pandemia de coronavírus. Esperemos que corra tudo pelo melhor, para saber o resultado final dos testes levados a cabo pelos engenheiros.

Fonte Autoblog

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here