Qualcomm quer revolucionar qualidade de som concorrendo com Apple e Tidal

Sensivelmente um ano atrás, para quem quisesse transmitir faixas de áudio sem perdas de qualidade para o seu telemóvel, havia basicamente apenas uma opção: Tidal.

Entretanto, muita coisa mudou desde então, com a Apple a lançar recentemente o suporte para lossless streaming em junho, e o Spotify a prometer fazer o mesmo ainda este ano. Mas, a menos que o usuário esteja disposto a conectar um DAC USB ao seu telemóvel, mais serviços de streaming aderindo ao movimento de alta resolução não ajudam muito, pois os fones de ouvido Bluetooth só podem transmitir áudio com perdas. Felizmente, isso está prestes a mudar.

A Chipmaker Qualcomm está a injetar um novo upgrade ao seu codec aptX Bluetooth, e é um codec sem perdas que, em condições ideais, a empresa promete possibilitar streaming de áudio de 16 bits a 44,1 kHz com qualidade de CD por meio de uma conexão sem fio.

A Qualcomm avança que fez melhorias em sua tecnologia Bluetooth High Speed ​​Link para fornecer a taxa de transferência de dados necessária para transmitir uma faixa sem perdas sem fio, mas o codec também pode compactar um sinal com qualidade de 96 kHz de 24 bits para garantir que o usuário não experimente nenhuma interrupção.

Com efeito, há também a possibilidade de alternar manualmente entre os modos de transmissão de 44,1 kHz de 16 bits e 96 kHz de 24 bits, embora o codec vá automaticamente para a primeira opção quando detetar uma fonte sem perdas.

Os chipsets Snapdragon da Qualcomm vêm com suporte para seus codecs aptX integrados. Isso significa que quase todos os telemóveis Android que é adquirido na América do Norte ou na Europa suportam o padrão. Tal como acontece com todos os codecs Bluetooth, não é suficiente apenas o seu telemóvel, tablet ou computador suportar a tecnologia. O usuário também precisa de um par de fones de ouvido ou plugues de ouvido compatíveis. A Qualcomm diz que os primeiros a oferecer suporte ao aptX Lossless vão chegar aijda este ano.

Antes disso, o mais próximo que se poderia chegar de uma conexão sem perdas por Bluetooth eram as tecnologias LDAC e DSEE da Sony. Eles funcionam bem, mas, novamente, o usuário precisa de um par de fones de ouvido Sony para tirar vantagem.

Fonte: Engadget

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui