BlackBerry 10 terá partilha de ecrã e editor de vídeo nativo

Depois do Blackberry World’12 na primeira semana de maio, aparecem agora informações vazadas que dão indicações do desenvolvimento de um sistema operativo autossustentado. A RIM aposta todas as fichas no BB10.

Para além das novidades empolgantes apresentadas pela Research in Motion durante a apresentação do BlackBerry 10, surgem novidades sobre o SO baseado em QNX. Segundo Biggulpseh, um utilizador do fórum Crackberry, o novo sistema operativo vai trazer aos dispositivos da RIM a capacidade de notificar os utilizadores, mesmo com o ecrã bloqueado, tendo em conta os movimentos feitos pelo telemóvel. O novo BB10 terá ainda a capacidade de partilhar o ecrã com outros utilizadores, permitindo executar duas tarefas em simultâneo – mostrar um documento ao mesmo tempo que faz uma video-chamada por exemplo. Com a função de ecrã partilhado a empresa canadiana tenta aumentar os indices de produtividade que um utilizador pode obter com um smartphone ou tablet.

A fonte não citada terá ainda revelado a intenção da RIM apostar num editor de vídeo nativo na nova versão do sistema operativo móvel. Este rumor tem um fundo de razão pois em 2011 a Research in Motion comprou a JayCut, uma empresa de software de edição de vídeo. Segundo o Gizmodo Brasil, algumas imagens vazadas do BB10 mostram também que finalmente o SO da fabricante canadiana terá uma aplicação nativa de Twitter.

O utilizador Biggulpseh acrescentou ainda que segundo os relatos da sua fonte, a RIM vai abandonar temporariamente o projeto de um tablet Playbook de dez polegadas, concentrado-se no Playbook de sete polegadas que está no mercado. As informações não confirmadas apontam ainda para a chegada da versão 4G do tablet canadiano em junho de 2012. Os tablets com suporte a redes LTE trarão uma versão já instalada do BlackBerry Messenger, pelo que os atuais donos do Playbook podem esperar por uma atualização que lhes traga o BBM nos próximos tempos.

A última das informações conseguida foi sobre o BlackBerry Colt 2, que supostamente será o primeiro smartphone canadiano a chegar ao mercado com o recente BB10. O Colt 2, que também tem o nome de código de London, será uma versão melhorada do BlackBerry 10 Dev Alpha apresentado na BB World’12. O site BGR citou um desenvolvedor que dá pelo nome de N4BB, e que conseguiu descobrir dentro do software temporário do smartphone dos developers referências a nomes de outros dispositivos que chegarão ao mercado com o BlackBerry 10 OS – Blackforest, Nevada, Naples e Nashville.

Entretanto o Engadget dá conta de uma parceria entre a RIM e a TomTom, empresa de serviços GPS. O acordo entre as duas empresas vai trazer os serviços de localização da TomTom para os dispositivos móveis canadianos. Aplicações como Traffic, Maps e Locate Services vão ser inteiramente suportados pelas informações de geolocalização da marca holandesa, e segundo a Research in Motion, os desenvolvedores vão poder incluir funções de GPS nas suas aplicações.

Caso todos os rumores se confirmem e com as novidades já apresentadas, a RIM além de estar a tornar o novo sistema operativo BB10 OS mais apelativo para os desenvolvedores, está ao mesmo tempo a garantir aos consumidores que mesmo tendo uma loja de aplicações com poucas apps, os smartphones e tablets vão ser completamente funcionais em todas as principais áreas de utilização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here