Automação. Vai abrir fábrica na china de Robots produzidos por… Robots.

Robots irão construir robots numa nova fábrica chinesa do grupo suíço ABB. Numa era em que a automação gera cada vez mais alterações nas formas de produção industrial e na sociedade em geral, até os mecanismos para produzir automação passam a ser automatizados.

O grupo suiça ABB é o maior grupo de robótica industrial do mundo. Este investimento de 150 milhões de dólares em Shanghai pretende reforçar a posição da empresa neste patamar. A fábrica entrará em produção em 2020 e produzirá robots para a China, assim como para exportações a outros países asiáticos.

O segundo maior mercado do grupo ABB

A China é o segundo maior mercado do grupo ABB, após os Estados Unidos da América. O chefe executivo da ABB, Ulrich Spiesshofer, reconheceu a importância da China em declarações à Reuters: “Shanghai tornou-se um centro vital para a liderança em tecnologias avançadas – para a ABB e para o mundo”.

Investimento num contexto complicado

A venda de robots industriais tem vindo a mostrar-se mais instável na China. Esta industria tem sido das mais afectadas pela guerra económica que neste momento está a ser travada pela China e pelos Estados Unidos da América, sobretudo com recurso a tarifas.

No entanto, a ABB parece confiante que, apesar destas batalhas económicas, a China continuará a ser um centro importante para o desenvolvimento, compra e venda de robótica.

A China quer apostar na automação – um problemas para os operários do país?

Os salários na China tem vindo a aumentar, e o governo chinês não esconde o desejo de apostar cada vez mais na automação para que a China se mantenha competitiva em relação a países cuja mão-de-obra permaneça mais barata. Esta aposta radical na automação fica patente nos números de vendas de robots industriais: um em cada três robots vendidos no mundo em 2017 foi para a China, o que corresponde a 138.000 robots. Um autêntico exército que, nas próximas décadas, só terá tendência para aumentar.

Fonte: Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here