Vazam informações sobre a história de Call of Duty: Modern Warfare

Se você é uma das pessoas que não estão mais aguentando esperar para colocar as mão no novo jogo de Call of Duty: Modern Warfare, bem, temos um pequeno aviso que pode ser ruim em muitos sentidos.

Antes de mais nada, cuidado com o que você vai pesquisar na internet, principalmente se for algo relacionado a campanha de história da Modern Warfare. Sério, tome muito cuidado com isso, mas ninguém está te impedindo, claro. Mas enfim,  vamos explica a situação do começo…

Call of Duty: Modern Warfare

O Call Of Duty deste ano é o maior lançamento ainda para 2019 e pode acabar sendo o maior de todos os tipos este ano, mas não deve ser lançado até sexta-feira, 25 de outubro. No entanto, cópias físicas chegaram às mãos dos fãs e o jogo é aparentemente totalmente jogável. O que significa que, se você quer ser livre de spoilers para a campanha da história, é melhor se cuidar.

O mesmo aconteceu com Call Of Duty: WWII em 2017, mas com esse jogo as pessoas não conseguiram contornar a necessidade de um patch para o primeiro dia, desta vez, tudo o que você precisa fazer é desativar a Internet antes de começar a jogar.

A Activision já está navegando na Internet, tentando extrair qualquer informação sobre o jogo, e eles parecem estar fazendo um trabalho bastante completo até agora, mas nunca conseguirão tudo.

O problema parece ter sido com a versão PlayStation 4, que parece ter sido enviada acidentalmente às lojas mais cedo. Portanto, há outro motivo para os editores preferirem as vendas digitais às físicas.

Um pouco da história

Oficialmente, pouco se sabe sobre a campanha Modern Warfare, que é uma reinicialização do primeiro jogo. Apesar de ainda estrelar o Capitão Price, parece ter uma história diferente, mas ainda apresenta generais russos desonestos e uma seção no Oriente Médio. A campanha já foi comparada à infame missão

No Russian de Modern Warfare 2, em termos de propositalmente provocar controvérsia , e supostamente apresenta um ataque de gás em um parquinho infantil e soldados SAS potencialmente ferindo civis em uma casa em Londres.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here