Próximo iPhone 13 poderá ter a funcionalidade “Always-on” no ecrã

Rumores para a linha de iPhone 2021 estão a ganhar cada vez mais força, apesar de o lançamento do próximo smartphone só acontecer no mês de outubro, como aconteceu com o iPhone 12. Mas rumores sobre os novos smartphones já são comuns e, como costumam acontecer, alguns são verdadeiros. Desta vez, as informações são lançadas pelo youtuber Max Weinbach do EverythingApplePro, que apontam para funcionalidades muito interessantes.

Segundo a informação, o próximo iPhone, que poderá ser o iPhone 13, deverá vir com a funcionalidade Always-On, uma funcionalidade que já temos presente nos Android há alguns anos e que permite ter o ecrã sempre ligado com informações mais básicas, como as horas ou notificações recentes.

O próximo iPhone terá, alegadamente, um novo ecrã de 120HZ LTPO que permitirá ter acesso a algumas informações sempre ativas, como o relógio e a bateria, bem como uma barra e ícones que mostrariam as notificações. Esta funcionalidade poderá ser conseguida devido ao novo ecrã de policristanino que permite uma maior eficiência de bateria, já que como todos sabemos o ecrã é dos maiores consumidores de bateria de um smartphone.

Segundo estas informações, as câmaras também serão melhoradas, nomeadamente com câmaras wide-angle, adicionadas funcionalidades para a “astrofotografia” e ainda o modo vídeo. Também os ímans MagSafe terão melhores, já que é um pormenores que tem sido criticado nos atuais iPhones. Apesar destas funcionalidades, ainda não será desta que teremos o primeiro iPhone sem qualquer porta de entrada.

O design pode não mudar muito este ano, segundo Weinbach, além de um fosco mais atraente nos modelos Pro. Também terá um notch mais pequeno e menos intrusivo para o Facial ID e a câmara frontal, bem como com um possível leitor de impressão digital no display.

Apesar de termos de dar créditos à fonte, convém sempre encarar estas informações com alguma desconfiança. Não quer dizer que não sejam verdadeiras, mas até à altura de início de produção, que são vários meses, muita coisa pode ser alterada e retiradas destas supostos planos.

Um bom exemplo é que os iPhones 12 já deveriam trazer ecrãs com 120Hz, mas que a Apple acabou por desistir da ideia por não permitiram durações de bateria razoáveis.

Há que referir que os novos ecrãs LTPO já são utilizados pela Apple nos mais recentes Apple Watches, bem como já marcam presença em smartphones como o Galaxy Note 20 Ultra.

Fonte:

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here