Mobile World Congress vai ficar em Barcelona até 2030

A cidade de Barcelona vai continuar a ser a sede do MWC – Mobile World Congres – o maior evento anual de tecnologia móvel do mundo – até pelo menos 2030.

Associação da indústria móvel (e organizadora do evento) GSMA afirmou que o acordo foi feito na sua reunião do Conselho em Kuala Lumpur durante o dia de hoje, 27 de junho.

A feira anual de fevereiro é realizada em Barcelona desde 2006 e as notícias de hoje marcam o mais recente acordo entre a GSMA e o que ela chama de ‘parceiros da cidade anfitriã’; Câmara Municipal de Barcelona, ​​Generalitat de Catalunya, Ministério da Economia e Transformação Digital, local do evento Fira de Barcelona e Turismo de Barcelona.

Em 2011, Barcelona ganhou a sua primeira extensão de contrato (até 2018) e também recebeu o título de ‘Mobile World Capital’, superando a concorrência de 30 cidades, incluindo Milão, Munique e Paris. Essa parceria foi posteriormente renovada até 2023, tendo-se adicionado mais um ano aao acordo (2024) quando a edição de 2020 do MWC foi cancelada devido à pandemia global de Covid-19.

Desde a mudança de local de Cannes para Barcelona há dezasseis anos, a GSMA transformou o MWC em uma feira onde mais de 109.000 visitantes globais compareceram em 2019.

Num comunicado, o CEO da GSMA Ltd, John Hoffman, anunciou que, de momento, a cidade de Barcelona é mais do que apenas a cidade-sede do MWC. “Nós não apenas aumentamos o evento desde nossa mudança para Barcelona, ​​mas também o desenvolvemos para incluir todo um ecossistema”, observou ele.

Barcelona é o lar de uma série de programas e atividades ao longo do ano que beneficiam os cidadãos da cidade, com iniciativas como Mobile World Capital e mSchools impulsionando o crescimento da economia local e do setor de tecnologia.

A GSMA afirmou os detalhes sobre a nova parceria serão anunciados num comunicado de imprensa em Barcelona marcada para 20 de julho.

Fonte: Crast

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui