Dicas: Veja como cancelar os testes do Privacy Sandbox (FLoC) do Google Chrome

O Google prometeu o fim dos cookies no seu browser em 2023, o Privacy Sandbox tem vindo a levantar polémica e há quem afirme que a alternativa da Google é a tecnologia FLoC (Federated Learning of Cohorts).

O lançamento do Federated Learning of Cohorts (FLoC) pode ter sido atrasado pelo Google, FLoC é uma alternativa aos cookies de terceiros. Muitos utilizadores do Google Chrome se encontram num teste de “FLoC”, chamado “Privacy Sandbox”.

A decisão tem vindo a levantar polémica e há quem afirme que a alternativa da Google, a tecnologia FLoC (Federated Learning of Cohorts) acaba por ser tão invasiva quanto os cookies de terceiros.

A mudança terá apanhado vários utilizadores de surpresa e a falta de pormenores concretos acerca de como funciona o sistema e que implicações poderá trazer para a privacidade dos utilizadores tornam a questão mais complicada.

blank

Desativar sandbox

Primeiro, inicie o Chrome em seu PC Windows ou Mac, ou mesmo no Android:

  • No Windows e no macOS, digite chrome: // settings / privacySandbox na barra de endereço e pressione Enter.
  • No Android, abra o menu do Google Chrome e vá para Configurações> Privacidade e segurança> Caixa de areia de privacidade .

O Google disponibilizou uma página sobre o recurso Privacy Sandbox e um botão para desativá-lo. Depois de desativada em um navegador, a configuração deve ser aplicada a todos os dispositivos ligados à mesma conta do Google.

Como é que funciona o FLoC

A tecnologia FLoC atribui a cada utilizador um número de identificação único, o FLoC ID. Esse mesmo número é depois agrupado a um conjunto de outros FLoC IDs com interesses de navegação semelhantes.

Este método segundo a Google,  permite “esconder” os utilizadores num grupo de outros utilizadores, tendo sempre como base manter o histórico de navegação escondido.

Os objetivos do Privacy Sandbox

A iniciativa Privacy Sandbox está atualmente em desenvolvimento. As novas tecnologias estão sendo projetadas para:

  • Impedir que o histórico seja visível por alguém enquanto o utilizador navega na web.
  • Permitir que os editores criem sites sustentáveis ​​que respeitem sua privacidade.
  • Preserve a vitalidade da web aberta.

Outros membros da comunidade, navegadores da web, editores online, empresas de tecnologia de anúncios, anunciantes e desenvolvedores foram convidados a envolverem-se e contribuir para o desenvolvimento do Privacy Sandbox.

Fonte: Zdnet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here