Construa uma nuvem privada

Red Magic 5G

Construa, com os novos DS220j e DS420j NAS Synology a sua própria nuvem pessoal com até 64TB de armazenamento acessível a partir da sua rede doméstica e com um nível de entrada de 2 compartimentos projetado para utilizadores domésticos e pessoais para armazenar e partilhar fotos, vídeos e documentos. Uma unidade NAS é essencialmente um servidor conectado a rede, com a funcionalidade única de promover serviços de armazenamento de dados para outros dispositivos da rede.

Estas unidades não são desenvolvidas para tarefas computacionais em geral, apesar de tecnicamente ser possível executar outros softwares nelas. Geralmente, as unidades não possuem teclado ou monitor, e são configuradas pela rede, normalmente através de um browser. O DS420j é para aqueles que querem um pouco mais de tudo. É um NAS de 4 compartimentos projetado para backup de dados domésticos, sincronização de ficheiros e partilha. É alimentado pelo mesmo realtek RTD1296 quad-core 1.4 GHz de 64 bits, tem 1GB de RAM, tem encriptação de hardware incorporada, e usa RAID 1 para proteger contra perda de dados de falha de unidade.

Cada compartimento de unidade pode aceitar até 16TB de unidades (o que significa com RAID 1, a capacidade máxima da unidade será de 32TB), e é compatível com 3.5 polegadas SATA HDD, SATA HDD de 2,5 polegadas (com suporte de disco opcional) e SATA SSD de 2,5 polegadas (com suporte de disco opcional).

Muitas pessoas viram-se subitamente a trabalhar a partir de casa, e algumas pessoas repararam que isto está a colocar uma grande pressão na ligação à Internet, especialmente aqueles que precisam de uma ligação sólida para videoconferência por exemplo. Uma maneira de tirar a pressão da ligação à Internet é trazer dados da nuvem que regularmente precisa e armazená-lo localmente.

E esta solução Synology com dois novos discos nos 2 compartimentos e 4 compartimentos que se encaixam não desapontam. Equipamentos NAS estão a ser usados pelo mundo corporativo há algum tempo, porém com a redução dos custos destes dispositivos e com a popularização de redes domésticas, diversos produtos NAS surgiram para o mercado pessoal. Estes dispositivos NAS de uso doméstico são baseados em processadores baratos correndo uma versão de Linux.

Além do baixo custo, estes aparelhos têm baixo consumo de energia e têm uma instalação relativamente simples. Existem alternativas open source para implementações caseiras de NAS, como o FreeNAS, o Openfiler e o NASLite.

Sistemas NAS podem conter mais de um HD, podendo também contar uma tecnologia RAID (Redundant Arrays of Independent Disks), centralizando a responsabilidade de servir os arquivos numa rede e deste modo libertando recursos de outros servidores desta rede. Os protocolos utilizados pelo NAS são o NFS, popular em sistemas Unix, ou SMB/CIFS (Server Message Block/Common Internet File System) em ambientes Microsoft Windows, assim como o tradicional FTP.

O NAS disponibiliza armazenamento e sistema de arquivos, contrastando com o SAN (Storage Area Network), que só realiza armazenamento e deixa ao cliente a tarefa de lidar com o sistema de arquivos. A principal distinção entre os dois sistemas de armazenamento é que o NAS fornece protocolos de arquivo, e o SAN protocolos de camada. Raramente se vê o sistema SAN a ser utilizado fora de grandes redes de computadores. Neste caso Synology, não só o hardware é sólido e fiável, como o Sistema de HardwaStation Manager (DSM) OS é simples de aprender, rápido de configurar e fácil de gerir. O caso Synology não é um caso de um monte de hardware da NAS decepcionado por um software pobre. O primeiro é o DS220j de 2 compartimentos.

Este é um NAS de nível de entrada projetado para utilizadores domésticos e pessoais para armazenar e partilhar fotos, vídeos e documentos. O DS220j é alimentado por um Realtek RTD1296 quad-core 1.4 GHz de 64 bits, tem 512MB de RAM, tem encriptação de hardware incorporada e utiliza RAID 1 para proteger contra perda de dados de falha de unidade. Os dois compartimentos de acionamento podem aceitar até 16TB (o que significa com RAID 1, a capacidade máxima da unidade será de 16TB), e são compatíveis com 3.5 polegadas SATA HDD, SATA HDD de 2,5 polegadas (com suporte de disco opcional) e SATA SSD de 2,5 polegadas (com suporte de disco opcional). E não nos preocupemos com o consumo de energia. Enquanto está em hibernação, a unidade consome apenas 7.88W de energia.

Fonte: ZDNet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here