Um exemplo chamado Gatewit

Os números espelham o sucesso de uma empresa nacional consolidada internacionalmente: em dois anos as compras e vendas online efetuadas com recurso a plataformas da empresa Gatewit ultrapassaram os 4 mil milhões de euros.

Só no ano de 2011 mais de 15 mil ordens de compra passaram pelas plataformas da Gatewit. Quem recorreu à Gatewit poupou cerca de 35 por cento nos investimentos que fez. Os dados fazem desta empresa uma empresa líder na área do e-Procurement e sustentam, de acordo com a nota de redação do CEO Pedro Vaz Paulo, “a liderança portuguesa na área do e-Government”.

O trabalho desenvolvido pela Gatewit já recebeu reconhecimento internacional. Das várias distinções recebidas destaca-se a da publicação Supply & Demand Chain Executive que considerou a Gatewit uma das empresas que desenvolve melhores projetos “que trazem valor acrescentado a pequenas, médias e grandes empresas nas várias áreas abrangidas pelo setor das compras e aprovisionamento”. A empresa recebeu também durante o mês de junho’12 a visita de representantes do governo polaco que testemunharam o trabalho que se faz a nível de e-commerce em Portugal.

Portugal encontra-se na vanguarda da utilização do e-Procurement, a compra de bens e serviços pela Internet, atividade que atualmente tem-se revelado como “uma importante ferramenta de diminuição da despesa por parte dos Estados”. A nação portuguesa tem dado exemplos de bem-fazer sendo mesmo, como diz Pedro Vaz Paulo, “um centro de excelência na área da economia digital”.

A Gatewit foi criada em 1999 sob o nome de Construlink. Tem sede em Lisboa mas já está presente em Espanha, Brasil, EUA (Sillicon Valley) e Reino Unido, contando com mais de 25 mil clientes em todo o mundo. A empresa portuguesa fornece plataformas eletrónicas de contratação pública e de compra e venda de serviços pela Internet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here