Nikon D6: a nova topo de gama

A Nikon acabou de apresentar oficialmente a sua nova topo de gama na categoria de câmaras DSLR profissionais. Adiantou também preços e data de lançamento da nova Nikon D6. A mesma já tinha feito a sua primeira aparição em Setembro 2019. Assim, temos finalmente uma nova Nikon com tudo o que a fotografia profissional necessita ainda para tirar mais e melhores fotografias. Foi dado maior ênfase à velocidade e ao apuramento do autofocus, mas mesmo assim ainda fica algo ligeiramente atrás da sua rival, a Cannon 1DX Mark III em termos de vídeo.

A Nikon D6 vêm agora com um sensor de 20.8 MPx, mas desta vez o Expeed 6 encontra-se bastante rápido, pelo que fotografias em modo burst podem ir agora até 14 fps (um incremento em relação à sua antecessora D5 que ia até 12 fps) com um shutter mecânico e 10.5 fps e modo silencioso no modo Live View. Se isso não chegar, pode sempre tirar fotografias “fixas” com 8MPx a 30 fps e 2MPx a 60 fps. Somente e por comparação temos a Canon 1DX Mark III a 16 fps com o shutter mecânico ou 20 fps com o shutter em modo electrónico e com a sua total resolução disponível.

A Nikon reduziu no entanto nesta nova D6 o numero de pontos de autofocus de 153 para 105, mas por outro lado dá a possibilidade ao utilizador da máquina de os poder selecionar. Isso dá-nos a possibilidade de ter mais de 60% de maior cobertura do autofocus. Melhorou também a capacidade do autofocus em ambientes de pouca luminosidade desde -4,5EV para o ponto central de foco, como -4EV para outros pontos. Quanto ao ISO, o mesmo manteve-se standard indo desde 100 a 102,400.

No que a vídeo diz respeito, a D6 está limitada a filmagens em 4K e 30fps. Enquanto essas especificações eram de topo em 2016 quando a D5 foi lançada, hoje em 2020 já nada têm de extraordinário. Por exemplo, e porque temos sempre de comparar dado que são equipamentos rivais, a Canon 1DX Mark III tem uma capacidade de vídeo perfeitamente atual aos dias de hoje, com os seus 12-bit 5.5K RAW, ou então 4K 10-bit a 60fps como alternativa. Se bem que neste tipo de equipamento a questão do vídeo nunca foi algo de muita importância, a Canon parece querer dar a volta à questão.

Tal como a sua rival da Canon, a D6 vêm equipada com duplos slot de cartões de memória XQD/CFFExpress, deitando finalmente por terra então o cartão de memória Compact Flash tão típico das máquinas Nikon. Está previsto o seu lançamento para Abril de 2020 mesmo a tempo dos Jogos Olímpicos de 2020 com um preço nada agradável de 6.500 dólares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here