Instagram exige que apps com os termos “insta” ou “gram” mudem de nome

InstagramO Instagram começou a exigir aos criadores de aplicações, que utilizem as APIs da rede social, que modifiquem o nome dos programas com os termos “insta” ou “gram”.

Vários programadores utilizam a Application Programming Interface do Instagram para criar apps com características semelhantes a galerias de imagens ou outras ferramentas relacionadas com a rede social. Bons exemplos são as aplicações Webstagram ou Luxogram, que agora terão de mudar o seu nome.

De acordo com o site TechCrunch, os programadores têm apenas 48 horas para responder ao Instagram, comunicando a sua decisão. Depois disso, terão um “período razoável de tempo” para alterar os nomes das suas apps. E se os programadores não cumprirem a ordem? Ficam sem acesso às APIs da rede social.

As novas regras do Instagram para marcas relacionadas com a empresa estão a mudar, tendo em conta que até hoje os nomes das apps não eram problema. Contudo, a partir de agora, as novas criações também estão proibidas de utilizar os dois termos exclusivos no seu nome.

1 COMENTÁRIO

  1. Acho horrível eles fazerem isso com termos que hoje já estão a ser usados. Além de que essas marcas são da propriedade das empresas ou pessoas em causa e não do dono do Instagram, o Facebook. Acredito que pode acontecer das duas uma; eles colocam essa política apenas para novas aplicações ou perderão muito dos seus utilizadores.

    Imaginem se o Twitter proibisse APPS com o termo Twit ou Twitter (ex. TwitterFeed.com) ou se o Blogger (Blogspot) impedisse o termo Blogs (ex. NetworkedBlogs).

    O que aconteceria se isso acontecesse? Acham legal esta situação? Eu não. Melhor fechar de vês as APIs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here