Huawei se retrata sobre suposta data de lançamento do SO

Pouco tempo atrás, divulgaram a notícia de que a Huawei estaria lançando seu próprio sistema operacional para substituir o Android no próximo mês. A informação veio do diretor-gerente e vice-presidente da Huawei Enterprise Business Group Oriente Médio.

“A Huawei sabia que isso estava chegando e estava se preparando. O sistema operacional estava pronto em janeiro de 2018 e este era nosso ‘Plano B.’ Não queríamos trazer o sistema operacional para o mercado, pois tínhamos um forte relacionamento com o Google e outros. queremos arruinar o relacionamento. Agora, estamos lançando no mês que vem “, disse Alaa Elshimy à filial da TechRadar no Oriente Médio. Não seria nada de mais, e muito menos produtivo reafirmar esta afirmação. Então, o que queremos divulgar, é que esta notícia foi retratada pela empresa, que após a publicação, a TechRadar foi contatada por representantes da Huawei.

Estes acabaram refutando a declaração de lançamento de junho. Mas calma, eles não deram impressão de que iria cancelar, tanto que eles ainda confirmaram declarações anteriores da empresa que mencionou uma versão geral de 2019/2020. Porém, ainda não temos uma data estimada para quando será o lançamento.

Como sabemos, depois de alguns ocorridos, a Huawei foi banida do sistema Android do Google. Mas com alguma previsão de crise, a empresa já vinha desenvolvendo um sistema operacional proprietário da Huawei há anos.

O qual, estamos sendo apresentados pelo nome de código como Plano B, HongMeng e até mesmo Ark OS. Além disso, informações dizem que o sistema é compatível não apenas com telefones e tablets, mas também com laptops, TVs, wearables e carros conectados.

Mas infelizmente, a Huawei não sofrerá apenas por este lado. A empresa também sofrerá algumas perdas no Hardware, pois empresas como Intel, Qualcomm e ARM também estarão cumprindo o pedido que foi feito. O mesmo que resultou no banimento da Huawei do sistema Android.

Incertezas

O fato é que um sistema operacional da Huawei certamente irá tampar o buraco que o Android deixou nos produtos da empresa, mas ainda temos vários pontos fracos e incertos que o público deve se preocupar.

Por exemplo, não sabemos se a oferta de aplicativos deste sistema operacional seria tão robusta quanto a Google Play Store. O que já é um grande penhasco a ser escalado, afinal, muitos usuários do Android são fortemente integrados a esta disponibilidade de acesso a inúmeros aplicativos.

Mas enfim, tudo que podemos dizer é que temos que esperar para ver. Não sabemos como este novo sistema irá se sair no meio de gigantes como iOS e Android, mas temos certeza que a com a competitividade da China neste quesito não será intimidada. E depois de tudo, ainda não temos uma data específica para o lançamento.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here