Facebook na luta contra vídeos falsos

Facebook anunciou que vai eliminar vídeos criados por inteligência artificial (os tais vídeos falsos que andam a circular no Facebook).

Os videos falsos (deepfakes) são nada mais nada menos que vídeos gerados por computador com o intuito de parecerem reais. Estes vídeos distorcem a realidade pelo que são um desafio grande para a industria tecnológica. IA cria estes vídeos com pessoas famosas, tais como celebridades ou políticos através da união de conteúdo num video de modo a que parece real.

Apesar de estes vídeos não serem muito comuns no mundo online, estão a ser cada vez mais. No caso do Facebook, a plataforma afirmou que iria remover vídeos se esses se provassem terem sido editados de maneira a distorcer a realidade mostrada nos mesmo (palavras que as pessoas tenham dito ou presença das mesmas em locais errados por exemplo). A presidente da política global do Facebook adiantou que existe pessoas que trabalham com esta técnica de manipulação de vídeo com o objectivo de criar falsos testemunhos. Tanto os empregados do Facebook como trabalhadores independentes irão averiguar a autenticidade dos vídeos para se evite partilhar vídeos falsos no Facebook. A nova politica não se aplicará, no entanto, a vídeos de carácter cómico.

Em setembro o Facebook divulgou que tinha contribuído com $10m para um fundo com o objectivo de melhorar a identificação de vídeos falsos. O fundador do Facebook foi, ele próprio, vitima de um destes vídeos onde alegadamente fala de uma organização secreta sobre o sucesso na plataforma.

Outras empresas como a Google e a Microsoft também estão a tentar combater o mesmo problema. No caso do Facebook, a plataforma está a planear trabalhar tanto com o governo como com outras empresas na tentativa de expor as pessoas por detrás dos vídeos falsos.

O caso especifico de um video onde se via Nancy Pelosi foi alvo de criticas pois o Facebook recusou-se a retirar o mesmo da plataforma. Segundo a empresa o vídeo não tem características suficientes que indiquem serem falso pois só vídeos criados por IA entram no critério.

Resta-nos esperar que consigam erradicar este problema e identificar correctamente os vídeos falsos.

Fonte: BBC

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here