Versão estável do Android Pie chega ao Xiaomi Pocophone F1

13 de Dezembro de 2018
5 Partilhas 286 Visualizações

No mês passado, a Xiaomi liberou a beta da MIUI 10 baseada no Android Pie para o Pocophone F1. Agora, parece que nenhum grande problema foi encontrado, pois a empresa iniciou a distribuição da versão estável – a MIUI 10.1.3.0. A atualização, que pesa 1,7GB, ainda não está disponível via OTA, mas já pode ser baixada manualmente.

O changelog menciona que o aplicativo de câmera agora suporte o Google Lens e problemas no “Android Auto” foram corrigidos – o bug que impedia o funcionamento do microfone em fones de ouvido também foi removido.

No entanto, de acordo com alguns comentários no fórum “XDA Developers”, existem alguns problemas que não foram sanados ou retornaram, como teclado mais lento e atraso no reconhecimento do toque em jogos como PUBG. Como foi dito anteriormente, a MIUI 10.1.3.0 ainda não foi liberada via OTA, mas isso deve acontecer muito em breve, possivelmente nos próximos dias.

Para quem não conhece, o Pocophone F1 possui uma tela LCD de 6,18″ com resolução de 2246×1080 pixels, aspecto 18,7:9, 82,3% de relação tela-corpo, 403 ppi de densidade e vidro com proteção Gorilla Glass 3. Por dentro, temos o processador Snapdragon 845 octa-core, com quatro núcleos Kryo 385 Gold rodando a 2,8 e outros quatro Kryo 385 Silver rodando a 1,8 GHz – a GPU é a Adreno 630.

Existem três variantes disponíveis para compra: a primeira com 6GB de RAM e 64GB de armazenamento interno, a segunda com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento, e a terceira com 8GB de RAM e 256GB de armazenamento – todas podendo expandir até 256GB via microSD.

No departamento de câmeras, há dois sensores na traseira, sendo o principal Sony IMX363 de 12MP com abertura f/1.9 e o secundário de 5MP com abertura f/2.0 –  todo o conjunto entrega estabilização digital de imagem, HDR, foco PDAF e possibilidade de filmar em até 4K a 30fps. Na parte frontal, temos uma câmera de 20MP com abertura f/2.0.

Para manter o Pocophone F1 ligado, a Xiaomi inseriu uma grande bateria de 4.000 mAh com suporte a tecnologia de carregamento rápido “Quick Charge 3.0”. Como recurso de segurança, existe um leitor de digitais na traseira. Tudo isso fizeram do Pocophone F1 um grande sucesso ao redor do mundo, afinal, 700 mil unidades foram vendidas em apenas 3 meses, de acordo com a Xiaomi.

Fonte: GizMoChina

Artigos interessantes

Windows 10 sofre com ameaças de Bugs
Microsoft
15 Visualizações
Microsoft
15 Visualizações

Windows 10 sofre com ameaças de Bugs

José Nilson - 19 de Março de 2019

Como já sabemos, o Windows 10 é agora o sistema operacional mais popular do mundo. Pelo menos agora que ele…

Cuidado: Google Docs pode ser usado para praticar Bullying
Aplicações
22 Visualizações
Aplicações
22 Visualizações

Cuidado: Google Docs pode ser usado para praticar Bullying

José Nilson - 19 de Março de 2019

Quando pensamos em Bullying, pensamos logo em ameaças e intimidações verbais. Mas nem sempre é isso que acontece. Muitas vezes…

Redmi, a nova submarca da Xiaomi, não quer ser apenas de smartphones baratos
Telemóveis
23 Visualizações
Telemóveis
23 Visualizações

Redmi, a nova submarca da Xiaomi, não quer ser apenas de smartphones baratos

Bruno Peralta - 19 de Março de 2019

Nos próximos anos, os smartphones da Redmi vão melhorar em termos de qualidade e os preços dos seus produtos também…

Comente

O seu email não será publico