BQ Aquaris M8: O novo tablet da BQ

A BQ já nos habituou a smartphones de boa qualidade. Agora apresenta-nos um tablet com características interessantes – O BQ Aquaris M8. Com um ecrã de 8″ e resolução HD, 2GB de RAM e 16GB de memória interna, promete ser uma excelente opção para um tablet de gama de entrada.

Leia a nossa análise e fique a conhecer em detalhe este novo tablet da BQ.

CARACTERÍSTICAS

  • Dimensões: 215x 125 x 8,35 mm
  • Peso: 350 g
  • Sistema Operativo: Android 6.0.1 Marshmallow
  • Ecrã: 8 “, 800×1280 – 189 ppi, 16:10, LCD IPS, Multitáctil – 5 pontos capacitivo, GFF, Cristal Dragontrail (Asahi), Acabamento anti-dedadas
  • Câmara frontal: Galaxy Core GC2355, 2 MP
  • Câmara traseira: Omnivision OV5670F, 5 MP, Apertura de f/2.2, Resolución de vídeo [email protected]
  • Processador: MediaTek Quad Core MT8163B 1,3 GHz
  • GPU: MediaTek Mali-T720 MP2 520 MHz
  • Memória RAM: 2 GB
  • Armazenamento interno: 16 GB
  • Ligações: jack 3,5 mm jack; slot de cartões microSD (máx. 256 GB)
  • Conetividade: Wi-Fi® 802.11b/g/n/ac (dual band – 2,4 GHz / 5 GHz)
  • Bluetooth 4.1
  • Bateria: 4050 mAh de capacidade

Pelas características acima descritas podemos ver que estamos na presença de um equipamento com specs de gama de entrada. Quer o processador quer a unidade gráfica são da chinesa Mediatek. No seu apoio estão 2GB de RAM e 16GB de memória interna, mais do que suficiente para navegar na internet, jogar jogos mais básicos e ver filmes.

DESIGN E ECRÃ

O design deste novo BQ Aquaris M8 mostra-se simples mas intuitivo. Na parte frontal não existem botões físicos pelo que todo o controlo é feito através de botões no próprio ecrã. Na parte frontal apenas encontramos as duas colunas de 0.7W e a câmara frontal com o seu flash LED.

Na lateral direita encontramos os botões de volume e o botão de power. Na parte de baixo temos a entrada USB e o microfone.

Na parte traseira podemos ver o logótipo de BQ e a câmara traseira.Destaca-se que a capa traseira tem um acabamento mate que confere ao equipamento um aspecto muito elegante.

No que diz respeito ao ecrã, contamos com 8″ de diagonal e resolução HD. A tecnologia utilizada é a LCD IPS. Tendo em conta a baixa resolução do ecrã e as suas dimensões, a densidade de pixeis por polegada fica-se nos 189 PPI. No entanto, o contraste obtido é bastante razoável, ficando apenas a pedir um pouco mais de resolução dadas as dimensões deste ecrã.

DESEMPENHO

Pelo hardware presente neste equipamento, não podemos estar à espera de uma performance topo de gama.

No entanto, ao jogarmos jogos não notamos qualquer lag. Também na visualização de filmes não notámos qualquer problema. Os ficheiros video correm sem qualquer tipo de falha. A ajudar em ambos estão as excelentes colunas de 0.7 W cada que proporcionam uma sonoridade muito boa.

As câmaras são razoáveis para um tablet desta gama, sendo a câmara frontal mais do que suficiente para a realização de videochamadas.

VEREDITO: BQ AQUARIS M8

Para um tablet de gama de entrada e com um custo a rondar os 180 euros, estamos na presença de uma excelente opção para quem pretende algo com um ecrã maior para poder jogar ou ver filmes. De um modo geral, o desempenho é muito satisfatório, com ênfase no desempenho das colunas que é muito bom.

Como destaques mais negativos temos de realçar a fraca resolução do ecrã, notória dado o tamanho deste (8″) e o peso algo elevado (350g), que faz com que se torne cansativo te-lo na mão durante muito tempo.

Pontos Positivos:

  • Preço
  • Colunas de som de muito boa qualidade
  • Desempenho satisfatório

Pontos Negativos:

  • Resolução de ecrã
  • Peso

Agradecemos desde já à BQ por nos ter facultado esta tablet para análise. Este pode ser adquirido no site de BQ por 179,90 euros. Abaixo fica a nossa galeria de imagens.

Veja também...

Deixe o seu comentário