Apple, Amazon e Google numa parceria histórica com a “Connected Home Over IP”

Red Magic 6S

Google, Amazon, Apple e outras empresas de tecnologia juntaram-se para desenvolver um sistema padrão de conectividade doméstica inteligente, o que tornará mais fácil para software e dispositivos comunicarem em todo o ecossistema doméstico inteligente.

O Connected Home Over IP, como é chamado o novo grupo de trabalho, será liderado pela Zigbee Alliance, um grupo de empresas que desenvolve e mantém o padrão ZigBee, que permite dispositivos de proximidade (por exemplo, interruptores de luz, alto-falantes inteligentes, travas) para se comunicarem com outros numa casa, sendo de destacar que neste grupo  também estão os três grandes líderes na área dos assistentes pessoais com o Google Assistant, a Alexa e a Siri.

Os dispositivos domésticos inteligentes podem usar um enorme número de protocolos, como Bluetooth, Wi-Fi, Z-Wave e ZigBee. O Google também desenvolve dois protocolos de código aberto, chamados Weave e Thread. Todos esses protocolos têm benefícios inerentes e podem atrair os fabricantes de equipamentos e fabricantes de sistemas de IoT por diferentes razões, mas tanta diversifisidade de protocolos obriga a um grande investimento dos fabricantes de equipamentos inteligentes, além de não ser benéfico para o utilizador, já que os equipamentos poderão não conseguir comunicar entre si.

Portanto, esta nova aliança está a planear atingir um padrão comum para a Smart home, com base no protocolo de Internet (IP).

“Embora os dispositivos domésticos inteligentes sejam muitos, há falta de um padrão de conectividade em todo o setor, o que deixa as pessoas confusas e frustradas ao tentarem entender quais os dispositivos que funcionam m com cada ecossistema doméstico inteligente”, afirma o Google num post do blog. “O nosso objetivo é reunir tecnologias no mercado e desenvolver um novo padrão aberto de conectividade doméstica inteligente baseado em protocolo da Internet”.

O mercado de Smart Home está a crescer

O mercado global de produtos para casas inteligentes deverá atingir os 175 mil milhões de dólares em 2025, segundo um estudo do MarketWatch, e todas as grandes empresas de tecnologia estão a investir forte neste novo segmento de mercado. O Google vende uma série de equipamentos conectados sob a marca Nest, a Amazon tem quase tudo, desde alto-falantes conectados a microondas, e a Apple continua investindo na coluna inteligente HomePod, com destaque para o assistente pessoal Siri. Dado que os consumidores podem adquirir uma variedade de dispositivos, aplicativos e serviços em nuvem conectados para a sua casa de várias empresas, um padrão comum é do interesse de todos.

“O objetivo do projeto Connected Home Over IP é simplificar o desenvolvimento dos fabricantes e aumentar a compatibilidade dos consumidores”, afirmou a Apple em comunicado. “O projeto é construído em torno de uma objetivo partilhado de que os equipamentos domésticos inteligentes devem ser seguros, confiáveis ​​e fáceis de usar” por todos.

Outros membros da ZigBee Alliance também incluem a Samsung SmartThings, Ikea, NXP Semiconductors, Signify e Silicon Labs, que também farão parte do grupo de trabalho e contribuirão com encontrar este padrão tecnológico de comunicação.

Embora seja muito cedo para dizer o que surgirá desta colaboração, é notável o fato de que os principais players de hardware, software e Cloud devidirem trabalhar em conjunto, já que, sem ´duvida, isto será um grande benefício para os consumidores.

A expetativa é que no final de 2020 surjam as primeiras conclusões deste projeto e no ano seguinte, em 2021, comecem a ser lançados só produtos que já comuniquem entre si.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here