Análise Nokia Lumia 630: primeiro smartphone com Windows Phone 8.1

Nokia Lumia 630 (4)

Hoje trazemos até vós o smartphone de média-gama Nokia Lumia 630, mas o destaque do smartphone não é o dispositivo em si, mas o novo Windows Phone 8.1. Será que a Microsoft está no bom caminho? Leia a análise.

Índice:
Características e Acessórios
Design e Ecrã
Windows Phone 8.1
Câmara e Desempenho
Veredito: Nokia Lumia 630

A aposta da Microsoft na nova versão do Windows Phone é forte e o mercado português tem estado em primeiro lugar nas apostas de dispositivos da Microsoft/Nokia, o que volta a acontecer com os novos Nokia Lumia que apesar de não ser um dos primeiros países a receber, poucas semanas depois este Lumia 630 ficou disponível no mercado português.

Com um mercado cada vez mais competitivo, a Microsoft teve de acompanhar os concorrentes e com cada vez mais smartphones Android com suporte a dois cartões no mercado português, sendo mesmo essa versão do Lumia 630 que testamos, a versão Dual SIM.

Nokia Lumia 630 (1)Mas em termos de smartphone, o Lumia 630 pouco ou nada acrescenta ao que já existe no mercado, umas pequenas melhorias em relação aos antecessor, mas a grande novidade é mesmo este smartphone ter sido o primeiro a chegar ao mercado português com o novo Windows Phone 8.1. Agora já temos disponível o Nokia Lumia 930 e já começou a ser atualizado alguns smarpthones da Nokia.

Mas olhamos para o Nokia Lumia 630 e o novo Windows Phone 8.1 e perguntamos: Será que a Microsoft está num bom caminho? Para estas e mais respostas, leia a nossa análise completa.

Características e Acessórios

  • Dimensões: 129.5 x 66.7 x 9.2 mm
  • Peso: 134 g
  • Sistema Operativo: Windows Phone 8.1
  • Ecrã: IPS de 4,5 polegadas
  • Resolução: 480 x 854p / 218 ppi
  • Câmara: 5MP
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 400 a 1.2 GHz
  • GPU: Adreno 305
  • Memória Ram: 512 GB
  • Memória interna: 8GB , MicroSD até 128GB
  • Bateria: 1830 mAh
  • Wi-Fi 802.11 b/g/n, DLNA, Wi-Fi hotspot
  • GPS com A-GPS e GLONASS
  • Bluetooth 4.0
  • Jack de Áudio Normalizado de 3.5 mm

A características não surpreendem, tendo em conta o alvo de mercado em que se posiciona, mas os acessórios desilude um bocado, por não ter um cabo de dados, o que é, praticamente, normal. Aliás, se olharmos para este cabo, lembra-me, claramente, os anteriores carregadores dos Nokia 3330. Tendo em conta os tempos que correm, acho que este Nokia Lumia 630 merecia um cabo de dados e, uns auriculares, que também não constam da lista de “ofertas”.

Design e Ecrã

Nokia Lumia 630 (6)O Design do Nokia Lumia 630 não é muito diferente do que nos tem sido presenteada pela Nokia nesta gama, bastante colorido e em plástico. Desta vez recebemos a versão laranja, uma cor bem forte e que acaba por agradar mesmo às pessoas que olham com desconfiança. Além disso, permite-nos se quisermos mudar a capa traseira do smartphone, portanto mesmo que se chateei, pode comprar uma outra capa para poder alterar a seu belo prazer.

O grande destaque deste Nokia Lumia 630 é ser o primeiro a ter o Windows Phone 8.1 e, consequentemente, ser o primeiro Lumia sem botões capacitivos, como tínhamos visto até agora. Também o botão da câmara, que costumamos ter com Windows Phone, já não aparece nestas novas versões, sendo que tudo se foca no lado direto do smartphone, com o botão de ligar/desligar e o botão de volume +/-.

Mas há outras coisas que fazem falta, como o sensor de luminosidade e proximidade, o que não permite um auto-ajustamento da luminosidade do ecrã nem de o ecrã se desligar quando encostamos o ouvido no início de um telefone. Em qualquer smartphone é uma função que não deveria faltar.

Nokia Lumia 630 (12)O ecrã está longe de ser do melhor, mas é o suficiente, até porque nesta gama de preço nunca poderemos contar com grandes coisas. As cores são decentes e a visualização na rua é razoável, no entanto o ecrã é demasiado “amigo” das dedadas. Rapidamente fica sujo e para se limpar é uma carga de trabalhos.

Windows Phone 8.1

Nokia Lumia 630 SS (4)Como já disse anteriormente, sou grande fã do Windows Phone, no entanto a loja de aplicações é o “Tendão de Aquiles” deste sistema. É verdade que a loja de aplicações do WP tem melhorado, com cada vez mais aplicações, mas ainda falta aplicações que me impedem de ser possível fazer a transição para o Windows Phone.

A Microsoft também está atenta a isso mesmo e com o novo Windows Phone 8.1 adicionou inúmeras funcionalidades que fazem falta e já deviam estar, como um menu de notificações e opções rápidas, chamado Action Center, e o assistente pessoal da Microsoft, Cortana.

Quanto ao menu de notificações é uma funcionalidade que já deveria existir há algum tempo e apesar de ser boa, é uma imitação fraca do que podemos encontrar no Android. Uma coisa que me irritou, foi não conseguir eliminar um notificação e deixar lá as outras, quando se ilumina são logo todas. No entanto, uma coisa é certa, é melhor ter assim do que não ter nenhuma.

Nokia Lumia 630 SS (2)Mas o Cortana é que é a novidade que todos esperam, até porque já temos grandes players no mercado, como a Siri e o Google Voice Search. É sempre difícil fazer uma comparação com software que já estão há mais anos no mercado, mas devo dizer que fiquei muito satisfeito. Para começar, o Cortana ainda é exclusivo para os EUA, no entanto basta indicar ao Windows Phone que estamos nos Estados Unidos e que falamos “americano” e pronto, já o podemos usar, mas como imagina não conseguirá fazer grande coisa.

Fiquei impressionado foi com a interpretação das minhas palavras, pois não é que tenha uma grande pronuncia inglesa, mas lembro-me claramente que por vezes tive alguma dificuldade quando testei o Siri pela primeira vez. A única dificuldade com o Cortana não foi ele perceber-me, mas sim encontrar resposta para as minhas perguntas, já que na maioria das vezes ele irá dar-me os resultados do Bing. No entanto com o tempo e na procura de restaurantes perto de minha casa deu-me respostas concretas.

Após ter testado o Cortana mantive o smartphone em inglês, na eventualidade de necessitar de utilizar o Cortana, no entanto isso nunca aconteceu. Sinceramente, tal como no Siri e no Google, os assistentes pessoais por voz são interessantes, mas não são práticas e só com a chegada da integração dos sistemas nos carros, com o Android Auto e CarPlay é que prevejo utilidade para estas funcionalidades, no entanto em Portugal será difícil. E quando acontecer, deverá ser com sotaque brasileiro.

Mas há mais novidades, a aplicação Mix Radio que é um concorrente ao Spotify, o teclado permite deslizar para chegar às palavras, ao estilo do Swipe, a Health e Fitness que é uma aplicação para a saúde e exercício físico, e a possibilidade de colocarmos uma imagem de fundo no sistema operativo, que não será muito útil, já que a maioria dos Mosaicos não são “transparentes” e os que oferecem transparência, são uma pequena transparência que não vale a pena, portanto é uma funcionalidade para esquecer.

No geral gostei das novidades, mas o problema principal mantêm-se, a falta de aplicações. Como já tenho vindo a afirmar, sou fã do Windows Phone e considero um sistema operativo interessante para dispositivos móveis, mas um sistema operativo para dispositivos móveis depende de aplicações de terceiros e enquanto não houver uma oferta decente, nunca se tornará um concorrente ao iOS ou ao Android. Resumindo, está melhor, mas para estar ao nível precisa de uma Windows Phone Store melhor.

Câmara e Desempenho

Nokia Lumia 630 (9)O Nokia Lumia 630 não é um smartphone topo de gama, no entanto poderia ter, pelo menos, uma câmara frontal mais fraca, mas nem isso. Não falta apenas apenas a câmara frontal, os sensores de proximidade e luminosidade também não estão presentes, enquanto a câmara traseira também não surpreende, mas é decente, com os seus 5MP, mas sem flash.

Mas no software é que temos algumas diferenças, é que num único smartphone vem, de origem, dois softwares para a câmara, um do próprio Windows, o outro é o Nokia Camera. Tirar por tirar, qualquer um serve, mas o Nokia Camera oferece mais opções de edição após a fotografia, mas também demora um pouco mais a tirar a foto, devido a algumas funcionalidades do software.

Em termos de qualidade fotográfica, vai ser o suficiente, nomeadamente nas fotografias com boa luminosidade e em exterior, mas à noite e com pouca luminosidade não conte com resultados excecionais, mas certamente que também não estará à espera disso.Ficam alguns exemplos e poderá ver mais na nossa página do Flickr.

Quanto ao desempenho, mesmo não tendo 1GB de RAM (tem 512mb) nem um processador quad-core de topo, conta com Snapdragon 400, não é nada mau, muito graças ao sistema operativo leve e funcional, como é o Windows Phone 8.1. Apesar de ter 8GB de armazenamento, o Lumia 630 suporta microSD até 128GB, sendo que as aplicações podem ser transferidas para o cartão de memória, certamente que ter os 128GB são uma mais valia.

O seu desempenho geral é muito bom, graças ao Windows Phone e às políticas da Microsoft. É que as aplicações adaptam-se aos dispositivos e, por exemplo, experimentei o Asphalt 8: Airborne e o desempenho foi muito bom, apesar de reparar uma quebra nos gráficos em comparação com outro dispositivos de topo, mas mais vale assim do que não poder jogar sequer.

Veredito: Nokia Lumia 630

Nokia Lumia 630 (8)O Nokia Lumia 630 é a primeira aposta da Nokia com o novo Windows Phone 8.1, além de um bom design e o suporte a microSD até 128GB que são os grandes pontos positivos, até porque suporte a tanto armazenamento deve ser o único disponível em Portugal. Mas não tem câmara frontal nem sensor de proximidade/luminosidade, para um smartphone que tem Skype pré-instalado deixa de fazer sentido. Também este ecrã poderia ser menos “amigável às dedadas”.

Se pretende um smartphone Dual-SIM, que contará com as atualizações da Microsoft, que mantêm um bom desempenho, mas que não pretende aplicações demasiado específicas, certamente que este Nokia Lumia 630 irá encaixar bem no seu perfil, até porque por um preço de 189,90€, é um dispositivo bastante razoável e se não se importar de ter suporte só para um SIM e bloqueado à operadora Vodafone, está bem mais em conta: 129,90€. Se quiser ir um pouco mais longe, a NOS vende o Lumia 635 com 4G por 159,90€.

Pontos a Favor:

  • Windows Phone 8.1
  • MicroSD até 128GB
  • Design Colorido
  • Desempenho

Pontos Contra:

  • Não tem câmara frontal
  • Ecrã “sensível” a dedadas
  • Falta sensor de luminosidade e proximidade

Desde já queremos agradecer à Microsoft por nos ter disponibilizado o Nokia Lumia 630 para testes e informo-vos que já pode encontrar o smartphone Dual-SIM por 189,90€ nas lojas de retalho, enquanto a versão Single-SIM pode ser adquiridana Vodafone por 129,90€. Deixo-vos com a nossa galeria de imagens.

9 COMENTÁRIOS

  1. Comprei um Nokia Lumia 630, no primeiro dia consegui ligar os dados moveis mai agora ligo e fica sem sinal de internet alguém pode me dizer o que ta havendo ou se tem que mexer em algo na configuração dos dados moveis ?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here