Durante 2017, a Lenovo vai lançar 12 Moto Mods para o Moto Z

Não foi o primeiro smartphone modular, mas sem dúvida que é o primeiro que torna o conceito modular numa possibilidade real e com sentido. O Moto Z foi lançado no ano passado e já há alguns Moto Mods, mas ainda há muito por explorar e este ano será uma área que a Motorola irá apostar forte, com garantia de que serão compatíveis por três anos.

Muitas pessoas gostariam de ter o smartphone ao seu gosto e, preferencialmente, personalizado com as coisas que mais lhe interessam. Prefer mais memória RAM em vez de uma câmara selfie? Ou melhor bateria em vez do melhor processador do mercado? Ainda estamos longe disso, apesar de a Google ter um projeto interessante nesse sentido, mas sem dúvida que a gama Moto Z da Lenovo é a que se aproxima deste conceito e ja´tem algumas opções interessantes.

O Moto Z é um equipamento topo de gama, sendo que a parte traeira é que permite a ligação com os Moto Mods e a parte “modular” do equipamento, permitindo adicionar novas funcionalidades, ou melhorar as existentes. Por agora, é possível adicionar um projetor, uma coluna de som, uma bateria maior e uma câmara melhor, mas muito pode evoluir nesta área e a Lenovo irá aproveitar 2017 para evoluir isso mesmo.

A afirmação foi feita pelo General Manager da Lenovo para o Médio Oriente, Sharay Shams, disse ao The Express Tribune. Segundo o próprio, a Lenovo “revolucionou a industria do smartphone que permanecia estagnada nos últimos dez anos.”

Sharay Sham afirma que em 2017 serão lançados mais 12 Moto Mods, sendo que os mesmos serão compatíveis com os telefones que forem lançados pela companhia durante os próximos três anos. O executivo ainda revelou alguns números sobre o Moto Z, indicando que venderam três milhões de unidades, sendo que 50% compraram os smartphone com um Moto Mod.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here