Watson quer criar assistente digital de “marca-branca”

A IBM lançou na terça-feira o Warson Assistant, um novo serviço de assistente virtual designado para empresas à procura de adaptar um assistente aos seus próprios produtos. O conceito deste assistente é em tudo similar ao conceito da Alexa, produzido pela Amazon.

A ideia deste assistente é ser mais personalizável e versátil do que a oferta da Amazon. E a Watson quer atingir este objectivo através de três conceitos chave: a marca, a personalização e a privacidade.

O Watson Assistant é marca branca, no sentido em que não existe nenhuma animação ou referência à Watson no produto que cada empresa customizar para os seus produtos. As empresas poderão incorporar esta tecnologia nos seus produtos com referências mínimas à empresa Watson, ao contrário do que acontece com a Alexa ou Siri em que a Amazon e a Apple “ganham terreno” de publicidade quando os seus produtos são incorporados nos produtos de outras empresas.

Em segundo lugar, as empresas que utilizaram o assistente da Watson poderão usar as suas próprias base de dados para treinar a inteligência artificial.

Em terceiro lugar, a questão da privacidade. Cada instalação da Watson num determinado produto produz e armazena informação apenas no circuito delimitado pela empresa que recorreu à tecnologia, impedido assim que a própria Watson acumule informação de diversos utilizadores de diversas empresas simultaneamente.

A IBM já conseguiu as primeiras parcerias para a sua tecnologia, ainda que relativamente pequenas.

Segundo a análise ao produto da The Verge, estas vantagens apresentadas pela Watson são mais do que mero marketing, e realmente levantam questões relevantes à qual o produto dá uma resposta. Por outro lado, a tecnologia de assistente digital ainda está a dar os seus primeiros passos e está repleta de inconsistências, e levantam-se questões se nesta altura estas incorporações realmente trarão algo de novo aos produtos.

A empresa reconhece que esta tecnologia ainda está nos seus primórdios, mas está confiante que no futuro próximo a mesma se tornará cada vez mais fiável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here