União Europeia investiga imposição da Google sobre fabricantes

O Google está a ser alvo de mais um escrutínio da Comissão Europeia. Desta vez, a empresa está a ser questionada devido a más práticas com a assistente de voz do Android.

Na quinta-feira, Sam Wilkin, editor-chefe do serviço de notícias MLex, colocou no Twitter que a gigante da tecnologia está a ser alvo de investigação devido à possibilidade de estar forçar os fabricantes de dispositivos a usar o Google Assistant como assistente de voz padrão em dispositivos Android. A Google ainda não se manifestou oficialmente sobre esta questão.

Ao site de notícias Insider, um porta-voz do Google referiu que: “o Android oferece mais opções do que qualquer outra plataforma móvel. Os fabricantes podem escolher quais as assistentes de voz que pretendem instalar nos seus dispositivos e os utilizadores também podem escolher quais assistentes usar e instalar.” A Comissão da UE não quis comentar estas afirmações.

blank

A aplicação Google Assistant, que equivale à Siri no iPhone, tem sido a aplicação padrão na maioria dos novos dispositivos Android desde 2017. O assistente, que integra a tecnologia de Inteligência Artificial, foi lançado pela primeira vez em 2016. Dá a possibilidade aos seus utilizadores de agendar reuniões, responder a perguntas básicas ou iniciar chamadas, entre outras.

Entretanto, fornecedores de IoT na União Europeia têm manifestado o seu descontentamento devido à concorrência da Amazon, Apple e Google. Foi também expressa a preocupação sobre a forma como os assistentes de voz coletam os dados das pessoas. “Na UE, o Google Assistant, a Alexa da Amazon e a Siri da Apple são os principais assistentes de voz”, referiu Margrethe Vestegar, comissária europeia, acrescentando que a preocupa as configurações padrão destas assistentes.

Nos últimos anos, a Google já foi multada pela Comissão Europeia por diversas vezes. Desta vez, caso seja provado que a gigante tecnológica é culpada poderá sofrer uma multa por abuso de posição dominante.

Fonte: Business Insider

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here