Protótipo da Segway avaria no lançamento

Durante uma demonstração na CES em Las Vegas aconteceu o inesperado, o protótipo da Segway avariou em plena demonstração.

O S-POD é uma cadeira de rodas eléctrica que estava a ser testada por um jornalista no CES quando acidentalmente a cadeira bate na parede após o jornalista a ter acelarado. A velocidade máxima é de 38km/h. A empresa adiantou que ninguém se magoou durante o acidente. Infelizmente o S-POD ficou incapacitado de fazer mais demonstrações durante o CES mas não é esperado que os danos demorem a serem resolvidos.

O analista principal da empresa, Ross Rubin, afirma que não se tratou de um defeito mas sim um sinal que a empresa está perto do produto final.

O objetivo do S-POD é ser usado em espaços fechados tais como aeroportos, parques temáticos e campus de trabalho. O modelo não tinha um cinto de segurança mas a empresa tem a intenção de adicionar um.

A empresa chinesa não adiantou quanto gastou no protótipo mas é normal as empresas gastarem milhões de dólares a desenvolver produtos a tempo de estarem prontos para a exposição anual em Las Vegas. Está previsto o S-Pod começar a ser comercializado no início de 2021.

O modelo de demonstração recebeu muita atenção devido ao seu design. Foi inspirado nas geosferas que aparecem no filme Jurassic World. HOuve também quem comparece o modelo às cadeiras que se podem ver no filme de animação Wall.E.

Os produtos mais famosos da Segway são as scooters eléctricas que são controladas pelos condutores ao se movimentares para frente, para trás ou para os lados. No entanto, o S-Pod é controlado através de um joystick que se encontro no braço da cadeira.

Outros acidentes também aconteceram este ano no CES. Torna-se cada vez mais comum para as empresas optarem por organizarem eventos separados onde conseguem controlar melhor todas as variáveis ao longo da demonstração.

Fonte: BBC

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here