Meizu Zero no Indiegogo: smartphone sem portas entra em crowdfunding por 1135€ ou R$4825

31 de Janeiro de 2019
3 Partilhas 95 Visualizações

O mercado mobile está sempre a evoluir e a inovar e por muito que pensemos que já vimos tudo, há sempre outra novidade para ser conhecida em breve e, sem dúvida, que o dispositivo que falamos hoje vem revolucionar o segmento dos smartphones. Se ainda não ouviu falar tem de ler o artigo, pois queremos dar a conhecer o Meizu Zero.

O smartphone tem como grande destaque a inexistência de portas ou botões, isto é, não encontra qualquer botão de ligar/desligar, botão de power, jack 3,5mm ou qualquer porta USB. Isto quer dizer que praticamente tudo funciona sem fios, seja o simples carregamento do equipamento até à transferências de dados e agora já pode reservar o seu, pois a Meizu coloco o produto em crowdfunding através do Indiegogo.

O novo modelo da Meizu é apelidado de “Zero”, não possuindo qualquer porta USB, Jack e Grelha de Som (para o aúdio). Além disso, não possuí slots para cartão SIM, pelo que o equipamento deverá ser compatível com cartões SIM ’embutidos’ no equipamento ou com tecnologia eSIM tecnologia em que o cartão SIM se encontra diretamente ligado à motherboard do equipamento.

O ecrã ocupará, praticamente, toda a parte frontal do equipamento, pelo que as colunas de som se encontram debaixo do ecrã, funcionando como uma ‘coluna gigante’. Os únicos detalhes bizelados que encontraremos no smartphone serão as duas câmeras traseiras e dois pequenos orifícios (um para o microfone e outro para fazer um ‘hard-reset’, pois também os botões tradicionais foram substituídos por botões sensoriais ao toque na borda lateral do dispositivo.

Mas sem porta USB-C, como transferimos os dados, por exemplo, para um computador? Segundo a marca, o Zero, incluirá um sistema de transferência de dados com conectividade USB wireless que supostamente será capaz de transferir arquivos tão rápido quanto o USB 3.0. Por outro lado, a marca avança que o equipamento suportará conectividade Bluetooth 5.0.

O leitor de impressões digitais, como seria de esperar, encontra-se debaixo do painel do ecrã. Conta ainda com um processador Snapdragon 845  algo recente e atualizado face ao mercado. No entanto, nõa muito mais informações sobre o equipamento, como a memória RAM nem o armazenamento. Mas, certamente que o equipamento terá, no mínimo 6GB de RAM e 64GB de armazenamento (se não tive rmais).

O carregamento do equipamento é feito por wireless e apesar de ter suporte à tecnologia QI, o carregamento rápido do smartphone só irá acontecer com o acessórios incluído com o Meizu Zero, o Suepr mCharge Wireless, que permite um carregamento constante de 18W.

O smartphone também contará com um sensor de impressões digitais integrado no ecrã e com proteção IP68, que aguente uma profundidade até 2 metros.

A Meizu prevê que o equipamento inicie a sua produção em março, sendo que no mês de abril deverão ser enviadas as primeiras unidades para os “backers” do projeto no Indiegogo.

O preço do smartphone é de 1299 dólares, qualquer coisa como 1135€ ou R$4825.

Fonte: IndieGoGo

Artigos interessantes

Robô explorador para minas submersas desenhado em Portugal
Tecnologia
16 Visualizações
Tecnologia
16 Visualizações

Robô explorador para minas submersas desenhado em Portugal

Sandra Pacheco - 18 de Fevereiro de 2019

Um robô para ajudar a explorar minas submersas, foi concebido por uma equipa de cientistas de vários países, incluindo Portugal.…

Ver que programas estão a usar mais internet no computador
Dicas
30 Visualizações
Dicas
30 Visualizações

Ver que programas estão a usar mais internet no computador

Nelson Paiva - 18 de Fevereiro de 2019

  O Windows regista o volume de dados que cada aplicação usa para se ligar à internet e isso pode…

Novos AirPods da Apple terão uma nova cor: Preto
Tecnologia
7 Partilhas54 Visualizações
Tecnologia
7 Partilhas54 Visualizações

Novos AirPods da Apple terão uma nova cor: Preto

Bruno Peralta - 17 de Fevereiro de 2019

Em janeiro já tinham surgido alguns rumores sobre os novos auriculares da Apple, os AirPods "2", que deverão surgir durante…

Comente

O seu email não será publico