Governo alemão quer novas regras de apresentação de notícias online

A nova ministra alemã com a pasta da infrastrutura digital, Dorothee Baer, afirma que irá forçar as gigantes das plataformas digitais a apresentar de outra forma as noticias aos seus utilizadores. A ministra quer ver feeds mais diversos e que rompam com as “câmaras de eco”.

No campo dos estudos de media, o conceito de “câmara de eco” (echo chamber) tem sido utilizado para se referir à utilização de algoritmos por parte das redes sociais que introduzem no feed dos utilizadores noticias, artigos e outra informação que o algoritmo já detectou que o utilizador irá gostar. Por exemplo, um utilizador que goste de muitas páginas conservadoras irá progressivamente receber cada vez mais noticias de páginas conservadoras e menos noticias e informações de outros tipos de páginas. Isto cria um ambiente digital que pode contribuir a moldar uma percepção do mundo sem contraditório.

A nova ministra, citada pela Reuters, afirma que os algoritmos actualmente utilizados por páginas como o Facebook ou a Google utilizam critérios de selecção e apresentação que tem pouco a ver com a verdade.

“Eu quero ver novamente feeds em tempo real que confrontem as pessoas não com aquilo que elas querem saber, mas sim com aquilo que elas precisam de saber, com aquilo que está a acontecer em cada momento”, afirmou Baer.

Ainda não existem pormenores de quais são os planos exactos da ministra, que se mostrou disponível para dialogar com as gigantes da tecnologia. Porém, a agenda não poderia ter sido deixada mais clara: o governo alemão vai querer interferir directamente com os algoritmos de selecção e apresentação de informação das plataformas digitais.

Veja também...

Deixe um comentário

avatar
  Subscrever  
Notificar de