Apple está a preparar um concorrente ao Netflix

Quer isso seja dito diretamente ou não, a Apple está a esforçar-se para se tornar a principal fonte de entretenimento deste ano. Além das suas ofertas atuais do iTunes, App Store, Apple Music e Apple News, a empresa de tecnologia está quase pronta para lançar o tão aguardado serviço de streaming de vídeo, tornando-se num novo concorrente à Netflix.

De acordo com o The Information (Conteúdo Pago), a Apple tem dito aos seus parceiros de entretenimento, com quem tem trabalhado em nos mais variados projetos de vídeo originais há algum tempo, para se prepararem para um lançamento nos EUA em meados de abril.

Espera-se que o serviço de streaming de vídeo, que ainda não tem nome oficial, tenha conteúdo original, além de programas de empresas como STARZ e HBO, uma seleção das ofertas será oferecida gratuitamente aos utilizadores da Apple, embora a maioria provavelmente esteja disponível via assinatura mensal, tal como acontece com a Netflix.

A Apple atualmente tem cerca de duas dúzias de programas de TV exclusivos nas fases de casting ou filmagem, desde comédias até thrillers de ficção científica e shows infantis, e parece estar a apostar em atacar os líderes deste segmento de mercado, o Netflix e a Amazon, com a preparação de novos projetos exclusivos. Para aumentar a competitividade, a Apple fechou acordos de conteúdo com grandes atores de Hollywood, incluindo Reese Witherspoon, Jenifer Aniston, Steven Spielberg, M. Night Shyamalan e Damien Chazelle.

Mas o lançamento iminente do serviço de streaming de vídeo da Apple é apenas uma coisa dos vários planos futuros da gigante de tecnologia para as suas várias ofertas de entretenimento como um todo, sobre as quais há muita especulação. Mas esta possibilidade vai ao encontra de uma decisão recente e única que a Apple realizou recentemente, a implementação do Air Play em outras fabricantes de smartTV, como foi anunciado na CEs 2019, no início de janeiro.

Quando em janeiro foi anunciado esta novidade e a abertura da Apple para que os equipamentos móveis da fabricante norte-americana comuniquem com outras fabricantes de televisões (algo que a Apple nunca permitiu) pensou-se logo que a ideia era aumentar os rendimentos dos seus serviços, mas esta notícia faz todo o sentido, já que o início da disponibilidade do Air Play 2 em outras televisões deverá começar, também, em abril, a mesma data prevista para o lançamento do serviço de streaming da Apple.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here