Análise OnePlus 9 5G: review a um smartphone de topo a bom preço

O OnePlus 9 é o mais recente smartphone de uma marca que, apesar de ter alterado a sua estratégia no desenvolvimento deste tipo de aparelhos para competir diretamente com outros dispositivos premium, continuava a falhar numa categoria: as câmaras.

Para resolver este problema de uma vez por todas, a OnePlus fez uma parceria de três anos com a conceituada empresa de fotografia Hasselblad de modo a melhorar os recursos fotográficos nos seus smartphones. E é de aproveitar, já que o OnePlus 9 5G com 8GB de RAM pode ser adquirido por 563€, enquanto a versão com 12GB de RAM tem o preço de 634€. Se preferir comprar na Amazon, também está a um bom preço.

O smartphone OnePlus 9 é a primeira tentativa de colocar no mercado um aparelho com câmaras realmente excelentes, e as melhorias são perceptíveis, com melhor fidelidade de cores e melhor desempenho em pouca luz. O zoom digital também foi aprimorado, e com alguns novos truques na manga, como o efeito de close-range de simulação macro na câmara ultra-grande angular.

Por mais que as câmaras tenham evoluído, todas as restantes características do OnePlus não mudou no 9: o design é praticamente o mesmo, desde o posicionamento dos botões até ao ecrã e seu tamanho, que é quase idêntico ao de seu antecessor imediato, o OnePlus 8T. O material do que o mesmo é feito também não mudou, mantendo-se o nítido ecrã AMOLED com resolução Full HD Plus de 6,55 polegadas.

Design

O OnePlus 9 e 8T parecem idênticos de frente, com um queixo mínimo e um orifício no canto superior esquerdo do visor para a câmara selfie. A parte de trás parece um pouco diferente, por causa da utilização granulada de cor em vez da textura uniforme no 8T. Temos a variante de cor Winter Mist, que apresenta tons de roxo claro em luz natural, e mudanças de tonalidade dependendo do ângulo de visão e da iluminação ambiente. Embora o posicionamento do módulo da câmara traseira seja muito semelhante ao do 8T, o número de lentes e seu alinhamento são diferentes.

As bordas do OnePlus 9 são mais estreitas e fazem com que o smartphone pareça mais fino do que realmente é. No entanto, ele é realmente 0,3 mm mais fino que o 8T, mas a empresa optou por um brilho brilhante em vez de fosco perto das bordas, o que atrai muitas marcas de manchas. Para manter o peso baixo (183 g), a empresa eliminou a estrutura de metal presente na maioria dos aparelhos OnePlus e substituiu-a por plástico. Embora não pareça plástico ao tocarmos nele, esse material coloca um ponto de interrogação na durabilidade estrutural do smartphone.

Este smartphone também possui um leitor de impressão digital sem display, mas ao contrário do que acontecia nos seus antecessores, o mesmo encontra-se cerca de dois centímetros mais abaixo nesta versão, pelo que temos que esticar muito bem o nosso polegar para alcançá-lo. O scanner é altamente responsivo e funciona perfeitamente bem.

A ranhura do SIM está presente ao longo da borda inferior do smartphone e pode acomodar até dois nano-SIMs. O OnePlus 9 também está pronto para 5G. Ao lado da ranhura do SIM, há uma porta USB-C e o altifalante do aparelho. O controlo de volume foi colocado ao longo da borda esquerda e o botão ligar/desligar está localizado na borda direita junto com o controlo deslizante de alerta.

Ecrã

O visor do OnePlus 9 é quase idêntico ao do 8T. Trata-se de um ecrã Fluid AMOLED de 6,55 polegadas com resolução de 2400 x 1080 pixels, taxa de atualização de 120 Hz e brilho máximo de 1.100 nits. Ele é extremamente vibrante e super suave ao deslizarmos os dedos pelas aplicações compatíveis.

Existe a opção de mudar a taxa de atualização de 120 Hz para 60 Hz para poupar bateria, mas recomendamos que a deixe em 120 Hz porque ela muda automaticamente para 60 Hz em aplicações que não são compatíveis com o recurso. O visor também é compatível com HDR10 +.

Os níveis de preto e contraste são excelentes, dado que falamos num ecrã AMOLED, e a reprodução de cores é muito boa no modo ‘Vívido’ e ‘Natural’. As cores não ficam excessivamente saturadas no modo ‘Vívido’, como acontecia nos smartphones anteriores da marca. A principal diferença entre os dois modos é a temperatura da cor, com o modo ‘Natural’ a oferecer tons ligeiramente mais quentes em comparação com o outro.

O smartphone também oferece algumas opções de calibração manual, caso o utilizador esteja interessado em realizá-las. A opção de exibição de ambiente também está disponível, que mostra principalmente a data, hora, estado da bateria e as notificações.

Desempenho

O OnePlus 9 é alimentado pelo mais recente processador SoC Snapdragon 888 da Qualcomm, com 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno UFS 3.1. Como já era de esperar, a OnePlus optou pelo chip Qualcomm mais rápido disponível e nem é preciso dizer que o desempenho deste dispositivo é excelente. Não existem bloqueios em nenhuma aplicação e toda a manipulação das mesmas decorre de forma fluida, incluindo os jogos.

Os altifalantes estéreo duplos conseguem produzir uma saída de som de boa qualidade, com um efeito acústico decente. O smartphone suporta codecs aptX HD e LDAC sobre Bluetooth 5.2 para melhor rendimento em auriculares compatíveis. A qualidade das chamadas é muito boa, e não há nada para reclamar nesse departamento também.

Bateria

Este dispositivo da OnePlus mantém a mesma bateria de 4.500 mAh encontrada no 8T. No entanto, a durabilidade da bateria é um pouco menor neste, provavelmente porque o processador Snapdragon 888 consome um pouco mais do que o chip 865.

O smartphone dura cerca de 30 horas de utilização normal, mesmo se gastarmos esse tempo numa quantidade alta de mensagens, uso de aplicações, navegação na Internet, uma quantidade razoável de fotos tiradas, uma hora a assistir vídeos e meia hora de jogos. Esses números são bastante bons.

A OnePlus manteve o carregador de 65 W Warp que consegue atingir os 10 V / 6,5 A, e o tempo de carregamento foi reduzido ainda mais. Ele carrega o smartphone de 0 a 50% em apenas 13 minutos, e se os 39 minutos de tempo total de carregamento do 8T não são rápidos o suficiente, o OnePlus 9 vai de 0 a 100% em apenas 35 minutos. Também não existem problemas de aquecimento da bateria.

O carregador também pode ser utilizado para recarregar outros telemóveis, notebooks ou quaisquer outros dispositivos com uma porta de carregamento USB-C. Porém, nem todos esses outros aparelhos carregará tão rapidamente como o OnePlus 9.

Câmaras

A empresa optou por três câmaras traseiras no OnePlus 9, em vez das quatro que tem o OnePlus 8T. Também temos no 9 uma câmara primária de 48 MP com um sensor Sony IMX689, mas sem um recurso importante pela primeira vez desde o OnePlus 5T – Estabilização Ótica de Imagem (OIS). A segunda câmara é uma ultra grande angular de 50 MP com um sensor Sony IMX766, uma das melhores câmaras ultra grande angulares que existem no mercado. Esta câmara também pode tirar fotografias macro.

A terceira câmara é um módulo monocromático de 2 MP que fornece um filtro mono para imagens capturadas usando a câmara principal. Ela também atua como um sensor de profundidade. O modo Pro é onde a Hasselblad faz o seu trabalho, ao oferecer ao utilizador um controlo mais preciso sobre a exposição, balanço de branco, velocidade do obturador e muito mais, para quem gosta de explorar as configurações da câmara.

A câmara da parte da frente, de 16 MP, com um sensor Sony IMX471, também mantém o seu lugar no OnePlus 9. É bastante competente em condições de boa iluminação e pode capturar algumas selfies nítidas com um tom de pele de aparência natural. Suporta também fotos de retratos, e alguns dos retratos capturados saem bem, mas não todos. Quando ligada, uma partícula de luz verde circunda a câmara e estabelece-se num ponto próximo a ela. Isso torna mais fácil localizar a lente, para que as pessoas na selfie saibam para onde olhar.

A aplicação das câmaras permite alternar rapidamente entre os modos normal, ultra amplo e zoom. A principal captura algumas fotos nítidas em ambientes bem iluminados com boa faixa dinâmica. A reprodução de cores, embora não seja perfeita, está muito mais próxima de ser natural em comparação com os smartphones OnePlus da geração anterior. As imagens capturadas parecem nítidas, com uma boa quantidade de detalhes, especialmente com boa iluminação.

As fotografias com pouca luz no OnePlus 9 são maravilhosas com a câmara principal. Torna as imagens mais brilhantes, mesmo quando não está configurada no modo ‘Nightscape’. Há um pouco de estática nas imagens, mas também há uma boa quantidade de detalhes nas fotos capturadas, com boa reprodução de cores. O modo ‘Nightscape’ melhora ainda mais as coisas se a luz estiver muito baixa e é um pouco mais rápido do que antes para processar as imagens. Embora esteja disponível, não se preocupe em usar o zoom com pouca luz; as imagens capturadas são muito suaves e têm poucos detalhes.

Por último, mas não menos importante, temos o modo ‘Pro’, onde Hasselblad supostamente desempenha um papel. O modo ‘Pro’ oferece controlo sobre três funções principais – exposição, equilíbrio de branco e velocidade do obturador. Para quem sabe usá-los, pode trazer um certo grau de melhoria nas imagens capturadas, mas a diferença não é enorme.

As câmaras traseiras do OnePlus 9 podem gravar vídeos em resolução de 8K a 30 fps e em resolução de 1080p e 4K a 30 ou 60 fps. Vídeos em câmera lenta 1080p e 720p podem ser gravados a 240 e 480 fps, respetivamente. Também é possível gravar vídeos de lapso de tempo a 30 qps em resolução Full HD ou 4K. As imagens capturadas em 4K e 1080p parecem nítidas e estabilizadas, cortesia de EIS (estabilização de imagem eletrónica), e também exibem boas cores.

OxygenOS 11

Como esperado, o OnePlus 9 executa o OxygenOS 11 baseado no Android 11. Na nossa opinião, o O OxygenOS 11 continua a ser a melhor IU do Android. É limpo, sem bloqueios, sem muitos anúncios e com poucos bloatware. Ele adiciona algumas melhorias úteis sem desviar-se muito da IU padrão do Android. Desde o Nord, a OnePlus optou pelas aplicações de contatos e mensagens do Google em vez dos seus próprios, e essa tendência continua neste smartphone.

Algo bom no OxygenOS 11 é que é possível utilizar o smartphone com uma só mão. A partir do menu de configurações para aplicações compatíveis, o conteúdo começa no meio do visor, onde é muito mais fácil de alcançar com o polegar. Não é preciso esticar o dedo até ao topo do ecrã para tocar em qualquer coisa, podemos simplesmente arrastar o item para baixo. Essa abordagem simples torna a manipulação do aparelho altamente eficiente.

Veredito: OnePlus 9 5G

O OnePlus 9 está à venda em Portugal por 729 € na variante com 8GB de RAM + 128GB de armazenamento, e por 829 € com 12GB de RAM + 256GB de armazenamento. É um preço bastante bom para um smartphone com esta categoria, mas tem a oportunidade de o comprar ainda mais barato e também diretamente à OnePlus, através da loja da OnePlus no Aliexpress, que também tem armazém na Europa e que, assim, não precisa de se preocupar com tempos de espera enormes e taxas surpresa na alfandega.

Assim, na loja OnePlus no Aliexpress, o OnePlus 9 5G 8GB de RAM pode ser adquirido por 563€, enquanto a versão com 12GB de RAM tem o preço de 634€. Se preferir comprar na Amazon, também está a um bom preço.

Este smartphone corrigiu a falha mais gritante dos dispositivos premium OnePlus anteriores, através da parceria com a Hasselblad: as câmaras oferecem melhor correção de cores e as fotografias normais e ultra-angular têm uma ótima aparência. A falta de uma lente teleobjetiva e outras vantagens principais presentes na versão Pro não deixam muito a desejar, dado que o 9 normal tem um preço relativamente baixo para um tão bom desempenho e carregamento muito rápido.

No entanto, não podemos deixar de realçar que a Hasselblad atualmente vive mais do seu passado reputado e respeitado por todos do que do desempenho, pelo que as melhorias nas fotografias em comparação com o OnePlus 8T são significativas mas não de outro mundo.

A moldura de plástico parece ter sido o preço a pagar pela melhoria na câmara, um ponto negativo neste aparelho. As especificações do OnePlus 9 são ótimas, mas também não tem armazenamento expansível – a sua memória interna de 128 GB ou 256 GB é o limite. Se quiser mais espaço de armazenamento, terá de comprar um outro smartphone com slot para microSD.

Considerando todos os pontos positivos e negativos, e se tomarmos em consideração a equação custo/qualidade, o OnePlus 9 é definitivamente um bom smartphone para comprar, especialmente para quem procura um aparelho que tire boas fotografias, carregue rápido e tenha um sistema operacional Android.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here