PSP compra veículos aéreos não tripulados: dois drones Tekever

PSP DronesA utilização de drones pelas forças de segurança não é nova, mas ainda não era utilizada em Portugal. O jornal Público indica que a PSP já tem dois drones desde julho.

A notícia está a indignar as forças de segurança, além de que a utilização de drones não tem enquadramento legal, mas a PSP comprou-os na mesma no dia 19 de julho.

A notícia é divulgada pelo jornal Público e o negócio foi classificado como secreto. A compra dos drones foi feito de ajuste direto à empresa portuguesa Tekever, por cerca de 200 mil euros. Os drones adquiridos pela PSP são o modelo AR1 Blue Ray, cada um custa pouco mais de 73 mil euros.

O drone AR1 Blue Ray tem duas câmaras de alta qualidade, poderá voar até 150 metros de altitude, até 20kms e com uma autonomia de duas horas. O aparelho pesa cinco quilos, mede 1,8 metros, atinge uma velocidade de 55km/h, são lançados manualmente e aterram graças a um pára-quedas.

Por agora, será pouco provável que os drones sejam usados, já que não há enquadramento legal para a sua utilização por parte da Polícia de Segurança Pública. No entanto, o presidente da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia demonstrou a sua indignação, afirmando que num momento em que o Estado deve milhares de euros aos polícias, haja compras deste tipo.

httpv://youtu.be/LDxOWChXFW8

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here