Facebook já está a testar uma excelente funcionalidade: Saiba qual é!

O Facebook irá permitir que alguns utilizadores tenham vários perfis. Isto surge na sequência de um teste do facebook segundo anunciou a empresa, sinalizando uma grande mudança à medida que a Meta procura novas maneiras de incentivar os utilizadores a permanecerem na plataforma devido à concorrência dos rivais.

Como parte do teste, alguns utilizadores do Facebook poderão criar até quatro perfis adicionais vinculados à sua conta original. A ideia é que esses perfis adicionais possam ser usados ​​para diferentes propósitos, como um para amigos, outro para colegas de trabalho e outros para interagir com grupos de interesse e influenciadores. Os utilizadores ainda irão ter uma conta, mas facilmente podem alternar entre os perfis com apenas alguns cliques.

Os perfis irão estar sujeitos às políticas do Facebook e as violações num perfil irão afetar a conta como um todo, de acordo com o porta-voz Leonard Lam.

“Para ajudar as pessoas a personalizar a sua experiência com base em interesses e relacionamentos, estamos a testar uma maneira das pessoas terem mais do que um perfil vinculado à sua única conta do Facebook. Qualquer pessoa que use o Facebook deve continuar a seguir as nossas regras”, diz Lam.

Os utilizadores que criam perfis extras não irão precisar de usar a sua identidade real, desde que o perfil não viole as políticas da plataforma e não inclua números ou caracteres especiais, diz Lam. A regra do Facebook de que os titulares de contas devem usar o nome que usam na vida real tem sido um ponto de discórdia há vários anos, até levando a ações legais na Alemanha.

A mudança do Facebook de um único perfil ocorreu após a plataforma luta para manter os utilizadores, especialmente os jovens, à medida que as ameaças existenciais como o TikTok continuam a crescer. A empresa perdeu muitos utilizadores diários pela primeira vez na história da empresa no quarto trimestre de 2021.

1 COMENTÁRIO

  1. Sugestão para uma matéria: A avalancha de publicidade fraudulenta (paga), publicada no Facebook (produtos, serviços, empréstimos, religiosos) e sobretudo das páginas que publicam imagens de doentes, inclusive de crianças, com falsas mensagens tipo, “vou ser operado hoje, digam amém”, sem nenhum tipo de controlo por parte do Facebook, que está mais preocupado em que apareçam fotos com mamilos, que com fraudes. As denúncias não funcionam. Como dizem os americanos “business is business”
    Obrigado.
    Um vosso admirador,
    Pedro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui