Apple explica as razões de não aceitar Flash

Adobe FlashSteve Jobs revelou ontem em comunicado oficial no site da Apple quais as razões que levam a sua empresa a não aceitar Flash no iPhone OS.

Num texto inspirador que começa com uma pequena história do passado de ambas as empresas e a sua relação intemporal, Steve Jobs argumenta as razões pelas quais a Apple não admite suportar o Adobe Flash.

Resumindo um pouco esses pontos:

  1. A Apple considera o Flash uma plataforma fechada aos contrário de outros standards como o HTML5 que julga ser o seu substituto;
  2. Segundo a Adobe os utilizadores do iPhone OS não conseguem ver 75% dos conteúdos multimédia da Web, no entanto a Apple afirma que aos poucos os grandes sites estão a mudar para formatos standard como o H.264 que corre no iPhone OS. Ao mesmo tempo Steve Jobs afirma que Apple possui a maior plataforma de jogos do mundo com 50.000 títulos sem recorrer ao Flash.
  3. A Apple considera o Flash inseguro baseando-se em relatórios sistemáticos da Symantec.
  4. A vida útil da bateria é afectada com a utilização do Flash já que vai necessitar de mais recursos a nível de software do que o standard H.264 que está presente nos chips da Apple.
  5. O Flash não foi desenhado para trabalhar com touchscreen o que impossibilita os utilizadores de visualizarem correctamente certos conteúdos multimédia que apenas podem ser manuseados com o rato.
  6. A Apple conclui que ter uma terceira entidade envolvida entre a plataforma e os programadores não beneficia nenhuma das partes e que prejudica a criação de novas aplicações.

A terminar Steve Jobs revela que o Flash foi desenhado para desktops e que nesta nova era da mobilidade não há espaço para ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here