Huawei Mate 20 estará disponível em poucos países da Europa

27 de Setembro de 2018
2 Partilhas 230 Visualizações

Durante a IFA 2018, a Huawei anunciou que o Mate 20 e o Mate 20 Pro serão anunciados oficialmente em 16 de outubro em Londres. No entanto, apesar da estreia ser na Europa, apenas um dos modelos estará disponível em vários países deste continente. De acordo com Roland Quandt, conhecido por vazamentos precisos, o foco da Huawei será o Mate 20 Pro em vez do Mate 20 tradicional.

Sendo assim, acredita-se que a variante Pro deve ser vendida em praticamente toda a Europa, e, presumivelmente, será o foco da Huawei nas diversas campanhas de marketing que ainda serão lançadas. Por outro lado, o Mate 20 ficará mais “escondido” e não receberá um tratamento tão “especial”.

Renderização do Mate 20

Roland diz que o Mate 20 não chegará em boa parte dos mercados europeus, sendo destinado a países selecionados que preferem gastar menos em um smartphone. Acredita-se que dentre eles, a fabricante chinesa escolha: Itália e a Espanha no sul do continente, e países escandinavos como Dinamarca, Finlândia e a Noruega no norte.

Evidentemente, a estratégia de limitar a disponibilidade da variante mais barata deve desagradar muitos fãs da marca que não podem desembolsar uma quantia maior para adquirir o Mate 20 Pro. Entretanto, essa não é a primeira vez que a Huawei decide limitar algum aparelho.

No ano passado, a fabricante chinesa vendeu o Mate 10 em 15 mercados internacionais, enquanto o Mate 10 Pro poderia ser encontrado em 24 países, expandindo para outros pouco tempo depois. Fica claro que a estratégia da Huawei é conseguir ótimos lucros iniciais, afinal, comercializar amplamente o Mate 20 Pro significa que os consumidores terão que pagar mais e, consequentemente, a empresa terá mais rendimentos.

Mate 20 Pro

De qualquer forma, ambos os modelos são ótimos smartphones top de linha. Relatórios apontam que o Mate 20 chegará ao mercado com tela LCD e entalhe em forma de gota d’água, enquanto o Mate 20 Pro deve adotar a tecnologia AMOLED entregando um entalhe mais tradicional.

Por dentro, os novos flagships da Huawei terão o processador Kirin 980, primeiro chipset de 7nm do mundo, anunciado durante a IFA 2018. Em software, certamente veremos o Android 9.0 Pie instalado de fábrica. No entanto, um dos maiores pontos de venda será a configuração de câmera tripla na traseira.

Fonte: PhoneArena

Artigos interessantes

Huawei Mate X é o dobrável da Huawei
Huawei
34 Visualizações
Huawei
34 Visualizações

Huawei Mate X é o dobrável da Huawei

José Nilson - 23 de Fevereiro de 2019

E parece que a Huawei não quer ficar para trás de outras marcas. Dessa vez é a hora da rivalidade…

Aparelhos para trabalho remoto
Tecnologia
52 Visualizações
Tecnologia
52 Visualizações

Aparelhos para trabalho remoto

Adriank Fructuoso - 23 de Fevereiro de 2019

Hoje em dia cada vez mais vemos pessoas trocando seus trabalhos tradicionais por trabalho remoto, por vezes em casa, no…

Apple perde mercado para Huawei
Destaques
5 Partilhas60 Visualizações
Destaques
5 Partilhas60 Visualizações

Apple perde mercado para Huawei

Adriank Fructuoso - 23 de Fevereiro de 2019

Como todos sabemos a China está em crescimento exponencial e com isso suas empresas também seguem essa forma de crescimento.…

Comente

O seu email não será publico