Alexa conseguirá imitar as vozes de pessoas mortas!

A Amazon acaba de anunciar um novo conjunto de funcionalidades prestes a chegar à sua assistente inteligente. Entre elas, a gigante tecnológica norte-americana revelou a intenção de dar à Alexa a habilidade de imitar as vozes de quem já faleceu.

Segundo as informações avançadas por Rohit Prasad, vice presidente sénior da Amazon, a Alexa em breve terá a habilidade de recriar na perfeição a voz de qualquer pessoa, bastando para isso ouvir menos de um minuto de áudio vocal. Isto será o suficiente para replicar  a voz de quem quer que seja, incluindo de quem já partiu, o que poderá ser para muitos uma boa forma de preservar a memória de entes queridos. Na apresentação da funcionalidade a Amazon afirmou mesmo ser este um dos seus principais objetivos com esta nova tecnologia.

A Amazon recorreu a um vídeo demonstrativo para ilustrar que tipo de utilidade pode ser dada a esta tecnologia. O vídeo demonstra a Alexa a contar uma história de embalar a uma criança. A particularidade dessa história é o facto de ser contada na voz da falecida avó dessa criança.

Os detalhes avançados pela Amazon sobre esta tecnologia são ainda muito limitados, não havendo  qualquer data oficial para o lançamento desta nova funcionalidade. As particularidades mais detalhadas deste sistema também ficaram de fora, visto que a apresentação da tecnologia foi muito breve e resumida.

Entretendo, diversos especialistas já alertaram para os potenciais ricos de segurança inerentes à utilização de inteligência artificial para replicar vozes de pessoas reais, sejam elas vivas ou falecidas, uma vez que esta é uma funcionalidade que facilitaria imenso a criação de esquemas fraudulentos. Ao ter a habilidade de simular a voz de outrem, torna-se muito mais fácil para alguém mal intencionado assumir a identidade de terceiros, utilizando-a potencialmente para o desenvolvimento de novas formas de burlar os mais incautos.

Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui