Zuckerberg irá comparecer ao Parlamento Europeu para discutir o caso Cambridge Analytica

17 de Maio de 2018
2 Partilhas 11 Visualizações

 

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, irá encontrar-se com autoridades europeias para discutir o uso impróprio dos dados de milhões de utilizadores europeus por parte da Cambridge Analytica. A pressão sobre a empresa tem sido constante ao longo dos últimos meses, e Zuckerberg acabou por ceder e irá mesmo estabelecer encontros com as instâncias europeias sobre o assunto.

Ainda é o mesmo caso – Cambridge Analytica

A maior rede social do ocidente está sob escrutinio desde que rebentou o escândalo da Cambridge Analytica, em que os dados pessoais de 87 milhões de utilizadores foram utilizados de forma imprópria para auxiliar a campanha de Donald Trump em 2016. Apesar de as presidenciais americanas terem sido até agora o foco da conversa, a verdade é que também foram recolhidas e analisadas informações de cidadãos europeus (incluindo portugueses)

Zuckerberg poderá encontrar-se com os líderes europeus já na próxima semana

“O fundador e CEO do Facebook aceitou o nosso convite e estará em Bruxelas o mais brevemente possível, talvez já na próxima semana,” disse Antonio Tajani, o presidente do Parlamento Europeu (citado pela Reuters). Zuckerberg irá reunir-se com líderes partidários e com membros do comité das liberdades civis.

“É com bom grado que recebo a decisão de Mark Zuckberg de aparecer em pessoa perante os representantes de 500 milhões de europeus. É um passo na direcção correcta para restabelecer a confiança,” acrescentou o presidente do Parlamento Europeu.

O Facebook já confirmou o encontro

“Nós aceitámos a proposta do Conselho da Presidência para nos encontrarmos com líderes do Parlamento Europeu e apreciamos a oportunidade para o diálogo, para ouvir as suas perspectivas e mostrar os passos que estamos a tomar para proteger melhor a privacidade das pessoas,” um porta-voz do Facebook disse em Washington

Zuckerberg não aparece no Reino Unido

Após ter aparecido perante os legisladores americanos, irá agora aparecer diante os europeus. O Reino Unido fez a mesma proposta, mas Zuckerberg não aceitou, enviando o chefe de tecnologia da firma em sua representação.

Fonte: Reuters

Artigos interessantes

Comcast “vence” a Disney e consegue adquirir a Sky
Multimedia
21 Visualizações
Multimedia
21 Visualizações

Comcast “vence” a Disney e consegue adquirir a Sky

José Candeias - 22 de Setembro de 2018

A Comcast ganhou um leilão para adquirir a companhia de telecomunicação Sky. Conseguiu adquirir a companhia pelo preço astronómico de…

Análise Philips Sonicare 6100: a tecnologia na higiene oral
Análises
30 Visualizações
Análises
30 Visualizações

Análise Philips Sonicare 6100: a tecnologia na higiene oral

Bruno Peralta - 22 de Setembro de 2018

O mercado da higiene oral e dentária tem sido uma boa vítima do oferta dos seus players no mercado, com…

Estudo alerta para maior segurança online no regresso às aulas
Internet
25 Visualizações
Internet
25 Visualizações

Estudo alerta para maior segurança online no regresso às aulas

Daniela Azevedo - 22 de Setembro de 2018

Um estudo realizado pela especialista em cibersegurança, ESET, mostra alguns receios que os pais enfrentam com a segurança dos seus filhos…

Comente

O seu email não será publico

Partilhe nas Redes Sociais

Se gosta do artigo, partilhe com os seus amigos