YouTube vai matar mensagens diretas em setembro

Youtube quer focar-se nas nas conversas publicas e vai terminar com as mensagens diretas já em setembro.

Não se pode dizer que o serviço de mensagens diretas do YouTube tenha sido um sucesso, mas ainda assim serviu durante algum tempo para partilhar algum tipo de conteúdo entre os utilizadores da plataforma, principalmente através de dispositivos móveis. Ainda assim não terá sido o suficiente, já que o 9to5Google, descobriu uma página de suporte do YouTube que revela que a plataforma de video irá matar esta função de mensagens após o dia 18 de setembro.

Da parte do YouTube não existiu ainda uma explicação para esta sua decisão de acabar com a funcionalidade, mas avançou que pretende focar-se na conversação publica, reforçando a secção de comentários da plataforma.

 “Estamos constantemente a reavaliar as nossas prioridades e decidimos descontinuar o recurso de mensagens diretas nativas do YouTube, enquanto nos concentraremos em melhorar as conversas públicas.”

Com esta decisão por parte do YouTube fica no ar a expectativa de começarmos a ver mais e melhores recursos para os comentário, nomeadamente no que diz respeito à moderação dos mesmos.

O recurso de mensagens do YouTube foi adicionado em agosto de 2017 nas suas aplicações para dispositivos móveis e mais tarde chegou à web. Agora chega ao fim pouco mais de dois anos depois.

Para colmatar esta retirada a Google sugere que os utilizadores partilha os seus links noutras redes sociais. A saída deste recurso também não aparenta que vá criar muito “alarido” junto dos utilizadores, ao contrário do que aconteceu com o fim do Hangouts Classic.

A maior parte das atualizações dos últimos meses foi focada no YouTube Stories for creators para oferecer uma experiência parecida com o Instagram e com o Snapchat. Está disponível para utilizadores com mais de 10000 seguidores e começa a aparecer no feed principal da Página inicial.

Fonte: 9to5Google, Google

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here