YouTube a tentar combater reações de ódio

Depois de introduzir uma nova visualização da lista de reprodução para os telefones, o YouTube Music surge agora com um novo design do menu “now Playing”.

Na parte superior, passa a ser possível que o YouTube Music identifique de onde a música atual está “a tocar” – pode ser o que está em “fila de espera”, os seus gostos, a lista de reprodução, rádio ou página do artista, com os títulos mais longos a serem exibidos com movimento. A informação está posicionada no canto superior direito em vez de exigir um toque na capa do álbum, enquanto a opção que intercala entre música/vídeo agora está uma linha abaixo.

O campo descritivo apresenta cantos arredondados, enquanto o título da música é alinhado à esquerda (como no Spotify) com o “thumbs up” – polegar para cima. A área reproduzir/pausar, agora apresenta um fundo branco muito mais destacado. A grande novidade é que os polegares para baixo (não gostar) já não aparecem na parte superior do menu.

Esta novidade volta a corresponder ao comportamento do Spotify e vem no contexto principal do YouTube, ocultando as contagens de ódio. A mudança talvez faça menos sentido no YouTube Music, onde é frequente surgir uma música na lista de reprodução automática de que não se gosta.

Este lançamento ainda pode demorar algum tempo a aparecer em todos os devices. Por enquanto, quem já tiver o YouTube Music v5.32 ou mais recente, pode experimentar o forçar o “encerrar e reiniciar” da aplicação para tentar que ative o novo design.

Para breve pode estar, também, uma função que a antiga aplicação de música da Google tinha e que muita gente achava útil. Na prática era um temporizador que se podia usar para parar a reprodução de música num determinado momento, o que era útil quando a pessoa já sabia que se ia afastar do smartphone (ou adormecer!). Esta novidade também pode estar a caminho do YouTube Music.

Fonte: Android Police

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui