Xiaomi ultrapassa Apple e Fitbit

A Fitbit era até ao momento a empresa líder das vendas de dispositivos wearables. Os dados divulgados pela Strategy Analytics relativos ao segundo trimestre deste ano indicam que a Xiaomi passou a ocupar o primeiro lugar nas vendas destes dispositivos com mais de 3.7 milhões de unidades vendidas, representa 17.1% de todas as vendas destes dispositivos, um aumento de 23% em relação a igual período do ano passado.

Milhões de unidades vendidas
2.º Trimestre

Quota de mercado
2.º Trimestre
 2016 2017 2016 2017
 Xiaomi  3.0 3.7  15% 17.1%
 Fitbit  5.7 3.4  28.5%  15.7%
 Apple  1.8 2.8  9.0%  13.0%
 Outros  9.5 11.7  47.5%  54.2%

 

Este ano tem sido difícil para a Fitbit, foi processada por supostamente violar três patentes na China e outras três nos EUA e despediu 110 funcionários numa tentativa de diminuição de custos.

Tanto a Xiaomi, a Fitbit e a Apple divergem na abordagem que fazem dos dispositivos wearables. A Xiaomi aposta num grande leque de produtos a preço competitivo enquanto que a Apple tem uma abordagem mais topo de gama, o que nem sempre chega a todas as carteiras. A Fitbit ao contrario das duas rivais não tem um nicho concreto de mercado.

Segundo Neil Mawston, da Strategy Analytics, as pulseiras fitness da Xiaomi de gama baixa e os smartwatches de alta gama da Apple podem conduzir a uma queda ainda maior da Fitbit.

Fonte: Engadget

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here