Xiaomi têm software inseguro diz empresa de segurança

A capa de personalização MIUI que a Xiaomi incorpora nos seus smartphones foi fortemente criticada na análise detalhada a que foi submetida pelos especialistas em segurança informática da eScan. A empresa apontou que a MIUI é insegura.

Ao todo são vários componentes e aplicações que apresentam falhas graves de segurança. Por exemplo uma das críticas focou-se na forma como a app Mi-Mover, que facilita o processo de transferência de dados, aplicações e configurações entre dois equipamentos lida com dados confidenciais no momento de as transferir. Outra das falhas apontadas relaciona-se com permissões de administrador que o equipamento, por força do software MIUI, concede. Foi também destacada a facilidade com que se conseguem desativar aplicações de segurança e de localização ou bloqueio do equipamento em caso de perda ou roubo.

A Xiaomi já reagiu ao que foi apontado pela eScan. A marca chinesa apenas frisou que os utilizadores devem estar atentos aos telefones com códigos de segurança devidamente configurados. O novo MIUI 9, que surgirá em breve, deverá ter já corrigidas todas estas, e outras possíveis falhas de segurança, contribuindo para a desastrosa experiência de utilização que o sistema operativo dos Xiaomi causa.

 Fonte: eScan

Veja também...

Deixe o seu comentário