Oppo e Vivo também já estão a olhar para o sistema operativo da Huawei

Quando os EUA restringiram as empresas de trabalhar com a Huawei numa pressão do governo norte-americano na guerra comercial contra a China, um dos grandes nomes que surgiram foi o Google. Com uma potencial proibição de acesso futuro ao Android, a atenção da Huawei voltou-se para um plano B que já estava a ser preparado, o lançamneto de um sistema operativo próprio. Mas não é só a Huawei.

Com esta decisão dos EUA, as fabricantes chinesas perceberam que a dependência dos EUA em diversas áreas as torna demasiado vulneráveis, por esse motivo é normal que as fabricantes chinesas comecem a olhar e a prepararem-se para qualuqer eventualidades, sempre com o objetivo de se tornarem o mais independentes possível. Por isso, não é de estranhar que outras fabricantes também estejam a olhar para o sistema operativo da Huawei.

Num relatório da Global Times,o sistema operativo da Huawei, chamado de HongMeng OS ou Ark OS, já foi demonstrado e a Huawei afirma que o seu sistema operativo é 60% mais rápido do que a versão original do Android. No entanto, há que encarar esta informação com alguma desconfiança, já que os testes a sério acontecem em produto e utilização real e quando o produto estiver no mercado poderemos tirar mais conclusões.

O que é talvez mais interessante é os nomes que parecem estar a envolver-se nesta área. Segundo o Global Times, a Oppo e a Vivo já têm equipas enviadas para testar o novo sistema. Atualmente, todos esses fabricantes usam o Android do Google com seus próprios produtos e serviços, no entanto, certamente que também lhes pensam que o que aconteceu à Huawei poderá acontecer a eles.

Para termos uma noção, a Huawei, Oppo e a Vivo contam com uma enorme fatia do mercado chinês, bem como vários outros grandes mercados globais, o que a ser adotado por estas três empresas poderá fazer mossa neste segmento de mercado. Segundo o já divulgado, a Huawei já produziu mais de um milhão de equipamentos com o novo sistema operativo HongMeng OS, que estão a ser utilizados para testes.

Uma das coisas que pode tranquilizar os utilizadores é que a Huawei afirmou que o novo sistema operativo será compatível com qualquer aplicação Android, mas estão a trabalhar com programadores para lançar novas aplicações mais otimizadas para ArkOS. Desta forma, a confirmar-se, o novo sistema operativo da Huawei poderá ter as mesmas aplicações que podemos encontrar no Google Play, desde que, de alguma forma, o apk, o ficheiro de instalação, esteja disponível.

Para isso, a Huawei poderá estabelecer uma parceria com a AppToide, a loja de aplicações portuguesa que se afirma como a terceira maior loja de aplicações do mundo, logo a seguir à Play Store e à App Store, ou então poderá apostar na sua própria loja de aplicações, a AppGallery.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here