Xiaomi Mi A2 pode iniciar as vendas em agosto

A expetativa sobre o próximo smartphone da Xiaomi é grande, pois espera-se que o próximo anuncio da marca seja o aclamado Xiaomi Mi A2. A primeira versão deste equipamento está a ser um sucesso, portanto espera-se que o próximo smartphone da Xiaomi com Android One continue o excelente trajeto do modelo.

Já surgiram alguns rumores, inclusive um vídeo hands-on de 11 minutos que rapidamente saiu do ar, bem como testes de desempenho, mas o smartphone ainda não foi apresentado,. Não deverá gerar grandes surpresas (se alguma), no entanto há muitos consumidores à espera deste novo equipamento.

No entanto, houve uma revelação importante sobre os equipamentos, nomeadamente porque foi, também, divulgado o preço dos smartphones e das suas versões. O Xiaomi Mi A2 apareceu numa loja suiça durante esta semana, sendo que indicou que o smartphone já se encontra em pré-venda e quais as cores que irão estar disponíveis.

O site também refere que o smartphone estará à venda no dia 8 de agosto, com a versão de 64GB a custa CHF 330 (R$1239/€285) and a 128 GB one at CHF 370 (R$1389/€320). As cores são o azul, preto e dourado.

O Xiaomi Mi A2 deverá ter um ecrã de 6 polegadas com resolução Full HD+ de 2160x1080p, rácio 18:9 e sem “notch”, o processador será o Qualcomm Snapdragon 660 octa-core, com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento. As câmaras deverão ser dois sensores traseiros, de 20MP e 12MP, enquanto a câmara frontal será de 20MP.

O grande destaque continuará a ser o Xiaomi Mi A2 assente na plataforma Android One, que depende diretamente da Google e, desta forma, garante atualizações de software para as mais recentes versões do Android, além das atualizações de segurança. É que um dos grandes problemas do Android são as atualizações do equipamento e este ecossistema gerido pelo Google permite que esta gestão seja feita de forma mais célere.

Em testes já divulgadas do Geekbench, conseguimos perceber que o resultado é bastante bom, com uma pontuação de 1630 no single-core e 4657 no multo-core.

Fonte: GSMArena

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here