Xiaomi Mi A1 explode durante o carregamento

passatempo

Quando falamos de explosões de baterias de smartphones, inevitavelmente pensamos no fatídico Galaxy Note 7 da Samsung. O aparelho tinha tudo para fazer sucesso no mercado, mas por conta de todas as explosões, que em alguns casos feriram os proprietários, a Samsung encerrou a produção e realizou um grande “recall” em todo o mundo.

Felizmente, seu sucessor, o Galaxy Note 8, foi bem recebido pelo público e deixou esse caso para trás. Porém, no mês passado, um Galaxy S7 Edge resolveu reviver essa polêmica nos smartphones da sul-coreana, após desligar de forma repentina e explodir em seguida.

Evidentemente, produtos eletrônicos de qualquer fabricante estão sujeitos a problemas na bateria, e com a Xiaomi não é diferente. A fabricante chinesa já registrou uma parcela de aparelhos explosivos dentro e fora da China, mas ao contrário da Samsung, foram casos isolados.

Mas recentemente, o Mi A1 entrou na lista de smartphones explosivos da empresa. O primeiro modelo com Android One da Xiaomi explodiu e pegou fogo enquanto o proprietário dormia à noite.

De acordo com a pessoa que divulgou as imagens, o problema aconteceu com seu amigo. Felizmente, o dono do Mi A1 não se feriu por que o dispositivo estava dentro de uma case de proteção, que foi capaz de absolver o efeito da explosão e das chamas. Além disso, o aparelho estava em uma mesa de cabeceira um pouco longe do proprietário.

O local da explosão não foi divulgado, no entanto, certamente o caso não aconteceu na China, afinal, o Mi A1 foi lançado com Android puro, trazendo todos os serviços da Google, algo que não é permitido naquele país – para este mercado, a Xiaomi disponibilizou o Mi 5X.

Curiosamente, este é o primeiro caso envolvendo uma explosão deste modelo, portanto, é bastante provável que seja algo isolado. Se analisarmos bem, existem vários motivos que podem fazer uma bateria explodir, como carregadores falsificados e a própria célula de energia danificada.

O aparelho em questão possuía apenas oito meses de uso. Sendo assim, é no mínimo estranho uma explosão como esta. De qualquer forma, não podemos dizer com precisão o que casou tudo isso, dado que seria necessário uma investigação completa. O proprietário disse que entrou em contato com a Xiaomi, mas até o momento, não obteve resposta.

Fonte: GizMoChina

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here