Xiaomi Mi A1 tem o Android Puro e um preço muito baixo

O ecrã de 5,5 polegadas que equipa o Xiaomi Mi A1 possui resolução Full HD (1920×1080 px)  num painel que oferece 403 PPI. Este valor está muito próximo dos 468 PPI conseguidos pelo atual equipamento topo de gama da marca chinesa, o Xiaomi Mi 6.

<<< Aproveite este preço especial do Xiaomi Mi A1 >>>

O processador escolhido pela Apple chinesa reflete uma opção de gama média alta. O chip Snapdragon 625 fabricado pela Qualcomm possui oito núcleos que funcionam com frequências de relógio de 2.0GHz. A unidade de processamento gráfico é uma Adreno 506. Ainda quanto às restantes características técnicas, o Xiaomi Mi A1 possui 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno.

O preço, que no início das vendas será inferior a 240 euros, deixa antever um percurso de popularidade em termos de vendas ,já que o novo Xiaomi Mi A1 continuará a tradição da marca chinesa em termos de qualidade e performance.

As câmaras escolhidas para equipar o novo Xiaomi Mi A1 possui 5 MP de resolução à frente e configuração com duas unidades com 12 MP no que diz respeito aos sensores discretamente instalados na traseira.

<<< Aproveite este preço especial do Xiaomi Mi A1 >>>

Fabricado totalmente em metal o novo Xiaomi Mi A1 possui ainda bateria de iões de polímero de lítio com 3080 mAh de capacidade.

Xiaomi Mi A1 vai ter de esperar um pouco para receber Android Oreo

Depois da abertura do programa de testes da última versão Android Oreo aos utilizadores do Xiaomi Mi A1, a marca chinesa suspendeu todo o programa de atualização. Trabalhado para ser um smartphone Google com popularidade ímpar, este excelente terminal acessível e excelente conhece o primeiro revés na sua ascensão.

Muitos utilizadores afirmaram existirem problemas com o novo Android Oreo neste dispositivo, o que terá estado na origem da suspensão da atualização. Por este motivo a Xiaomi resolveu parar a sua disponibilização e resolver os problemas. No Reddit os comentários falam em desaparecimento da atualização e em problemas que traz para o desempenho normal do smartphone.

<<< Aproveite este preço especial do Xiaomi Mi A1 >>>

As verdadeiras causas da interrupção abrupta da distribuição do Android Oreo para o Xiaomi Mi A1 não foram reveladas pela marca chinesa, assim como o momento em que a mesma voltaria a ser disponibilizada para os utilizadores.

Numa longa lista de fabricantes que estão a atualizar os seus equipamentos para Android Oreo a Xiaomi junta-se à OnePlus que há algumas semanas se viu obrigada a reverter a atualização do OnePlus 5.

Veja também...

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
  Subscrever  
Notificar de