Xiaomi Mi 6 está à venda por 300€ ou R$1205

13 de Março de 2018
7 Partilhas 182 Visualizações

Já se fala do seu sucessor, mas não é por isso que o Xiaomi Mi 6 é um smartphone menos interessante, até porque com o aproximar do lançamento, surgem mais promoções e descontos, baixando substancialmente o preço final do Xiaomi Mi 6. Hoje divulgamos uma oportunidade que permite poupar quase 100€ ou R$400 no Mi 6.

Para enviar para a Europa sem taxas, deve escolher o método de envio Expedicted Shipping, onde as taxas de alfândega ficam a cargo do remetente, mas adicionalmente deve ser colocada a frase “Please send by method ZPD/BTD for free-taxes” na caixa de mensagem durante o Checkout.

Tradicionalmente todos os equipamentos da Xiaomi possuem um design muito elegante e esmerado. A inspiração do novo Mi6 nos produtos da Apple é óbvia e a Xiaomi aposta numa nova escolha de cores: azul com bordos ligeiramente dourados, e as tradicionais variantes em preto e branco. A secção dianteira e traseira estão revestidas a vidro e as arestas foram mais arredondadas no Mi6 o que vem adicionar muitos pontos à ergonomia do novo smartphone chinês.

Na parte da frente há ainda lugar para o leitor de impressões digitais, que mais uma vez recorre de tecnologia ultrassónica, como acontecia no Xiaomi Mi 5S, estando incorporado no vidro.  A eficácia face aos tradicionais leitores é inferior.

A aresta inferior tem as portas de conetividade USB Tipo C posicionada ao lado do altifalante e pela primeira vez na história da marca foi eliminado a ficha de ligação de auriculares ‘jack’ 3,5mm. O slot de cartões SIM admite dois cartões, sem que a marca tenha confirmado se existe a possibilidade de um destes slots ser utilizado para alojar um cartão microSD e expandir o armazenamento interno.

Um dos principais pontos de destaque é o processador Snapdragon 835, chip que pode ser encontrado nos melhores equipamentos de 2017. A tecnologia Vulcan incorporada pela Qualcomm neste semicondutor permite aumentos exponenciais de rendimento quando se correm jogos. Para conseguir consolidar a elevada performance estão 6 GB de RAM, o valor mais alto alguma vez colocado num equipamento fora das gamas Note e MIX pela Xiaomi.

A Xiaomi anuncia uma autonomia da bateria, que tem 3.350 mAh, exemplar. O Mi6 poderá ser utilizado sem grandes compromissos ou restrições durante um dia sem recarregar. Este desempenho é conseguido pela preciosa ajuda dada pela MIUI 8, a capa da marca chinesa instalada sobre o Android 7 Nougat.

Ecrã excelente e câmara de grande qualidade

O ecrã voltou a ser desenvolvido com as mesmas proporções e resolução do antecessor. O novo Xiaomi Mi6 tem ecrã com 5,15 polegadas e a resolução de 1920 x 1080p. Destaque para o brilho, que subiu até referenciais 600 nits, conseguindo-se 94.4% NTSC e rácio de contraste 1500:1. Mais uma vez o foco foi colocado na ergonomia.

A câmara traseira de duplo sensor que equipa o novo Xiaomi Mi6 incorpora muitas novidades. As semelhanças em termos de design e posicionamento com as do iPhone 7 são óbvias. O sensor principal tem 12 Mp e o segundo trabalha como objetiva e possui a mesma resolução.

O trabalho dos dois sensores, realizado como o que faz o iPhone 7 Plus, é agora em separado. Uma das câmaras trabalha em fotografias mais convencionais como por exemplo panorâmicas, sendo que a outra é especializada em fazer retratos. Para este desempenho ímpar o software foi especialmente desenvolvido para este propósito e possui melhorias significativas na deteção dos contornos das pessoas e cria um efeito bokeh idêntico ao que se consegue nas câmaras reflex. A gravação de vídeo possui agora estabilização ótica em quatro eixos, funcionalidade ideal para remover vibrações indesejadas.

A introdução de inovações e funcionalidades adicionais é um capítulo muito atraente para o mercado quando se assiste ao lançamento de um equipamento de topo de gama como o Mi6 da Xiaomi. A marca chinesa apostou num equipamento resistente à água, certificando-o como “Splash Resistant”.

De fora ficou por saber se cumpre alguma norma de homologação internacional IP. Um calcanhar de aquiles dos equipamentos chineses. Para ser conseguida esta resistência a Xiaomi tratou a ranhura dos cartões SIM com isolamentos especiais para que não entre água ou humidade e possa danificar qualquer componente interno.

Além da conetividade tradicional (Wi-Fi), que foi melhorada com o padrão (MI-MU) para oferecer melhor estabilidade e rapidez de ligação, também surge com a mais recente geração de Bluetooth, 5.0. A inclusão de NFC fica a dever-se à necessidade de compatibilidade com os mais modernos sistemas de pagamentos móveis.

Inesperado por todos era a incorporação de altifalantes estéreo, um fator que muitos fabricantes descuram, mas a que a Xiaomi esteve atenta no sentido de conseguir pontos extra no mercado.

O Xiaomi Mi 6 continua a ser um excelente smartphone e com o preço muito mais acessível, é a opção ideal se pretende um smartphone topo de gama por valores a rondarem os 300€ ou R$1205.

Exemplo

Para enviar para a Europa sem taxas, deve escolher o método de envio Expedicted Shipping, onde as taxas de alfândega ficam a cargo do remetente, mas adicionalmente deve ser colocada a frase “Please send by method ZPD/BTD for free-taxes” na caixa de mensagem durante o Checkout.

Artigos interessantes

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã
Destaques
39 Visualizações
Destaques
39 Visualizações

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã

Bruno Peralta - 17 de Janeiro de 2019

Falta pouco mais de um mês para a grande apresentação da Samsung, que decorrerá no dia 20 de fevereiro para…

Twitter libera versão cronológica da timeline
Redes Sociais
23 Visualizações
Redes Sociais
23 Visualizações

Twitter libera versão cronológica da timeline

João Pedro Souza - 17 de Janeiro de 2019

Uma nova atualização do Twitter para Android traz a possibilidade de visualizar o feed na ordem cronológica. Opção que já…

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento
Destaques
3 Partilhas45 Visualizações
Destaques
3 Partilhas45 Visualizações

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento

Bruno Peralta - 16 de Janeiro de 2019

Os fabricantes de smartphones estão retirando lentamente os tradicionais leitores de impressão digital em favor dos sensores no ecrã, mas…

Comente

O seu email não será publico