Xiaomi já está presente em 82 países

Durante a primeira edição da “Chinese International Import Expo” em Xangai, Lei Jun, fundador da Xiaomi, revelou informações à respeito da expansão global de sua empresa. Atualmente, a fabricante chinesa está presente em 82 países, algo surpreendente levando em consideração que os planos de chegar em outros mercados começaram em 2014, quatro anos após a fundação da Xiaomi na China.

No segundo trimestre deste ano, a participação global da Xiaomi aumentou 150%, registrando ótimas vendas nos 82 países. Além disso, a empresa está entre as cinco melhores marcas em 25 países. Lei Jun disse que o objetivo principal da Xiaomi é entregar produtos de alta qualidade com preços consideravelmente menores que a concorrência.

Por esse motivo, a empresa tem investindo em treinamentos de equipes e instalado fábricas nos mercados em que atua. Na Indonésia, por exemplo, 95% dos produtos da Xiaomi são fabricados no próprio país – essa mesma estratégia também pode ser vista na Índia.

A Xiaomi também ultrapassou a Samsung em vendas de smartphones no mercado indiano durante o terceiro trimestre, de acordo com relatórios da Counterpoint Research. A participação da fabricante chinesa foi de 27%, enquanto a sul-coreana registrou 23%. Por outro lado, na Indonésia a Xiaomi já é a segunda maior marca de smartphones, liderando o segmento de aparelhos abaixo de US$ 150. Naquele país, ela detém 22% de participação, ficando atrás da Samsung com seus 25%.

Mi 8 Pro

Globalmente, a Xiaomi ocupa a quarta posição no ranking de vendas de smartphones, tendo comercializado mais de 34,3 milhões de unidades no terceiro trimestre deste ano, ficando atrás apenas da Samsung, Huawei e Apple. Esse número representa 9,7% de todos os aparelhos vendidos no mundo durante esse período.

Atualmente, o smartphone mais recente da fabricante chinesa é o Mi Mix 3, que entrega especificações competentes e recursos interessantes, além de ser o primeiro dispositivo da Xiaomi com traseira deslizante. Para quem não conhece, ele possui uma tela Super AMOLED de 6,39″ com resolução de 2340×1080 pixels, 403 ppi de densidade e proteção Gorilla Glass 3.

Mi Mix 3

Por dentro, temos um processador Snapdragon 845 octa-core, com quatro núcleos Kryo 385 Gold rodando a 2,8 GHz e quatro Kryo 385 Silver a 1,7 GHz – a GPU é a Adreno 630. Há quatro variantes disponíveis: a primeira com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento, a segunda com 8GB de RAM e 128GB de armazenamento, a terceira com 8GB de RAM e 256GB de armazenamento, e a última com 10GB de RAM e 512GB de armazenamento.

No departamento de câmeras, existe dois sensores de 12MP na traseira, sendo o principal com abertura f/1.9 e o secundário com abertura f/2.4 – há estabilização óptica de imagem, HDR, foco PDAF e possibilidade de filmar em até 4K a 60fps. Para selfies, a fabricante inseriu dois sensores de 24MP + 2MP. Uma bateria de 3.200 mAh com tecnologia de carregamento rápido “Quick Charge 3.0” mantém o Mi Mix 3 ligado, enquanto o Android 9.0 Pie vem instalado de fábrica.

Fonte: GizMoChina

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here