Xiaomi confirma que Black Shark 2 chegará em 23 de outubro

18 de Outubro de 2018
3 Partilhas 186 Visualizações

Recentemente, surgiram informações que a Xiaomi lançaria o Black Shark 2 em 23 de outubro. Naquele momento, não podíamos confirmar que o evento em questão seria destinado a este aparelho, embora tudo indicasse que sim.

Agora, buscando sanar todas às dúvidas, a Xiaomi finalmente confirmou aquilo que esperávamos: 23 de outubro é a data de lançamento oficial do Black Shark 2. A empresa compartilhou dois cartazes que mostram a silhueta do aparelho, bem como a presença da grade do alto-falante um pouco acima da tela – esse mesmo design pode ser visto em fotos vazadas do Black Shark 2.

Há poucos dias, um vídeo foi compartilhado na internet mostrando que o novo smartphone gamer da Xiaomi terá efeitos de iluminação RGB, algo que deve atrair a atenção de muitos consumidores. Na verdade, as maiores mudanças devem ficar por conta do design, dado que as especificações serão praticamente as mesmas.

De acordo com o TENAA, órgão de regulamentação chinês, o Black Shark 2 possui uma tela de 5,99″ com resolução de 2160×1080 pixels, DCI-P3 (garantindo uma gama de cores de até 97%) e aspecto 18:9.

Por dentro, temos o mesmo processador do modelo anterior, ou seja, o Snapdragon 845, aliado a GPU Adreno 630. Também foi dito que o Black Shark 2 possui 8GB de RAM e 128GB de armazenamento interno. Para manter um ótimo desempenho durante os jogos pesados, a Xiaomi manteve o sistema de resfriamento líquido para “salvar” o Black Shark 2 do calor excessivo.

Para manter o aparelho ligado, a fabricante chinesa inseriu uma bateria de 4.000 mAh com tecnologia de carregamento rápido – curiosamente, este é o mesmo valor encontrado no Black Shark original.

O software não foi listado nos vazamentos, mas espera-se que este aparelho chegue ao mercado com Android 9.0 Pie, no entanto, as chances do Android 8.1 Oreo ser inserido são maiores.

No momento, nenhum vazamento revelou informações precisas sobre o possível preço do Black Shark 2, tampouco sabemos a sua disponibilidade. De qualquer forma, se a Xiaomi manter a mesma estratégia do primeiro modelo, este aparelho deverá ser exclusivo da China, pois o Black Shark original nunca foi vendido oficialmente em outros mercados, algo que certamente dificultou a expansão da Xiaomi nesse segmento, que por sinal, já é bastante concorrido.

Fonte: GizMoChina

Artigos interessantes

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã
Destaques
30 Visualizações
Destaques
30 Visualizações

Imagem real do Galaxy S10 Plus confirma câmaras frontais no ecrã

Bruno Peralta - 17 de Janeiro de 2019

Falta pouco mais de um mês para a grande apresentação da Samsung, que decorrerá no dia 20 de fevereiro para…

Twitter libera versão cronológica da timeline
Redes Sociais
21 Visualizações
Redes Sociais
21 Visualizações

Twitter libera versão cronológica da timeline

João Pedro Souza - 17 de Janeiro de 2019

Uma nova atualização do Twitter para Android traz a possibilidade de visualizar o feed na ordem cronológica. Opção que já…

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento
Destaques
3 Partilhas45 Visualizações
Destaques
3 Partilhas45 Visualizações

Xiaomi demonstra o melhor sensor de impressões digitais no ecrã até ao momento

Bruno Peralta - 16 de Janeiro de 2019

Os fabricantes de smartphones estão retirando lentamente os tradicionais leitores de impressão digital em favor dos sensores no ecrã, mas…

Comente

O seu email não será publico