Xiaomi anuncia Redmi Note 3 e Mi Pad 2 com Android e Windows

Xiaomi-Redmi-Note-3-e-Mi-Pad-2

A fabricante chinesa Xiaomi anunciou três novos gadgets, o smartphone Redmi Note 3 e o tablet Mi Pad 2 com duas opções, Android ou Windows 10.

A Xiaomi é uma das grandes fabricantes mundiais e já se encontra na quinta posição como maior vendedora mundial de smartphones, o que é uma posição muito boa para quem chegou ao mercado há pouco mais de quatro anos. Mais propriamente nos últimos anos, a fabricante tem-nos surpreendidos com excelentes smartphones a baixo custo, sendo que agora anuncia três novidades.

Xiaomi Redmi Note 3 com Full HD e sensor de impressões digitais

A Xiaomi volta a surpreender pela positiva, anunciando um smartphone com um design de grande nível e excelentes especificações, nomeadamente um sensor de impressões digitais, colocando-se como o smartphone mais barato do mercado com um sensor deste tipo.

O Xiaomi Redmi Note 3 destaca-se, desde já, pelo seu design totalmente em alumínio, com uma espessura de 8,65mm e um peso de 164g. O sensor de impressões digitais está colocado por baixo da câmara e do flash, seguindo o estilo que a Huawei tem apresentado nos seus equipamentos. em termos de especificações também não está nada mal.

O Xiaomi Redmi Note 3 tem um ecrã de 5,5 polegadas com resolução full HD, processador Mediatek Helio X10 a 2GHz, 2GB/16GBou 3GB/32GB, câmara de 13MP e frontal de 5MP, MIUI 7 baseado no Android 5.1 Lollipop e bateria de 4000 mAh, sendo que estará disponível em três cores: dourado, prateado e cinzento.

O preço também é muito bom, já que a versão de 2Gb de RAM custa RMB 899 (131€) ou RMB 1,099 (161€) pela versão de 3GB. Estará à venda na China a partir de amanhã, 27 de novembro.

Mi Pad 2 com Android ou Windows 10

A Xiaomi também apresentou o sucessor do Mi Pad, que segue a tendência do Note 3 e tem um design em alumínio, disponível nas cores dourado ou cinzento, sendo que tem uma espessura de 6,95mm e um peso de 322g.

O Mi Pad 2 tem um ecrã de 7,9 polegadas com resolução 2048x1536p, processador Intel Atom X5-Z8500 quad-core a 2,24GHz e Intel HD, 2GB de RAM, 16GB de armazenamento expansível até 64Gb, câmara de 8MP e frontal de 5MP, porta USB-C, bateria de 6190 mAh e o MIUI 7 ou Windows 10.

O se prefere o sistema operativo da Microsoft, este tablet também pode ser uma boa opção, já que haverá duas versões, uma baseado no Android 5.1 Lollipop, o MIUI, e outro com o Windows 10.

A Xiaomi anunciou o preço de RMB 999 (146€) pela versão com MIUI 7 e 16GB, sendo que na versão com 64GB poderá optar entre Windows 10 e MIUI 7 e o preço é de RMB 1299 (190€).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here