Volvo esclarece publicidade de marca concorrente em Portugal

A Volvo Car Portugal emitiu um comunicado que vem esclarecer a campanha publicitária de uma outra marca de automóveis concorrente. A referida campanha menciona que o cinto de segurança de três pontos não foi inventado pela Volvo. A campanha de marketing é referente à Mercedes, que já terá tirado a mesma de divulgação.

A Volvo, no mesmo comunicado, enuncia toda a história do engenho surgido no final da década de 50 graças ao engenheiro sueco Nils Bohlin. O primeiro volvo PV544 com um cinto de segurança com três pontos de fixação, idêntico ao que equipa os automóveis de hoje, foi entregue em Kristianstad a 13 de Agosto de 1959.

Esta invenção, que se estima ter já salvo mais de 1 milhão de vidas, foi patenteada de forma aberta dada a sua utilidade para a humanidade. Hoje em dia salva a vida a milhões de condutores em estradas de todo o mundo. Para a Volvo, mais importante que qualquer registo importa que “os automóveis são conduzidos por pessoas. Por isso, tudo o que fizermos na Volvo deve contribuir, antes de mais, para a sua segurança”, a frase é assinada por Assar Gabrielsson e Gustav Larson  fundadores da Volvo.

A Volvo refere que apesar de a patente lhe pertencer, foi patenteada de forma aberta o que
significava que estava/está totalmente disponível para que todos os condutores pudessem beneficiar de um pouco da tecnologia de segurança da Volvo, independentemente da marca que estivessem a conduzir, reforçando a frase dos fundadores da marca sueca que ainda hoje norteia os seus valores: “Os automóveis são conduzidos por pessoas. Por isso, tudo o que fizermos na Volvo deve contribuir, antes de mais, para a sua segurança.”

Segundo a Volvo, esta tecnologia já terá salvo mais de um milhão de vidas.

Veja também...

Deixe um comentário

avatar
  Subscrever  
Notificar de