Volvo confia aos chineses fabrico de automóvel elétrico

O enquadramento do Salão do Automóvel de Xangai tem servido para as marcas de automóveis lançarem excêntricas criações e mostrarem os seus modelos mais recentes. Foi neste contexto que a Volvo anunciou o fabrico de um automóvel totalmente elétrico na China.

O novo Volvo totalmente elétrico terá por base a nova plataforma modular da marca sueca CMA (Compact Modular Architecture) e que se destina a modelos de pequena e média dimensão. A chegada ao mercado deste novo modelo acontecerá em 2019 e será exportado a partir da China para todos os mercados em que a marca sueca está presente.

A decisão da Volvo de fabricar o seu primeiro automóvel elétrico na China destaca o papel do país no desenvolvimento deste tipo de soluções. Os avanços tecnológicos e a mão de obra qualificada neste campo levaram a marca a optar pela China.

O objetivo de vendas da Volvo é de 1 milhão de unidades de automóveis movidos a eletricidade, incluindo variantes híbridas, num horizonte a 8 anos (2025). Neste impulso elétrico as três fábricas chinesas do fabricante sueco em Daqing, Chengdu, e Luqiao darão importante aceleração.

Veja também...

Deixe o seu comentário