Verizon vai promover 5G no keynote do CES 2021

A Verizon Communications Inc. (NYSE: VZ) é uma companhia especializada em telecomunicações que atua desde o ano 2000. Tem mais de 200 milhões de clientes espalhados por todo o mundo e é parceira da Hyette Communications, uma empresa multinacional com origem nos EUA.

A Verizon tem marcado regularmente presença em patrocínios em vários eventos esportivos, e já foi a principal patrocinadora da NHL em 2007, da NFL em 2010, além de dar nomes a algumas salas de espetáculo e arenas esportivas nos Estados Unidos. No automobilismo foi a principal patrocinadora da IndyCar Series em 2014, além de patrocinar alguns carros na NASCAR.

Desta feita, e no CES 2021, irá anunciar fortemente o 5G, sendo que a CTA (Consumer Technology Association), já anunciou no final de julho que o CES 2021 será um evento totalmente digital, em vez de atrair até 200.000 pessoas para Las Vegas, como habitualmente. Também disse na passada quinta-feira que vai adiar a conferência por uma semana. Em vez de acontecer a primeira semana completa de janeiro, o CES 2021
vai decorrer de segunda-feira, 11 de janeiro, até quinta-feira, 14 de janeiro.

O CEO da Verizon, Hans Vestberg, fará o discurso de abertura do CES 2021, informou esta quinta-feira a Associação de Tecnologia de Consumo. A apresentação do keynote vai focar-se no 5G e como terá impacto na telemedicina e na educação, um tema relevante dada a transição súbita deste ano para o trabalho e a aprendizagem em casa no meio da pandemia coronavírus.

“O keynote da Verizon para o CES, vai demonstrar o papel vital que a mobilidade, a banda larga e a nuvem… têm jogado na ligação ao mundo este ano e como a mudança acelerada para o 5G está a transformar todas as indústrias”, disse Vestberg em comunicado. “Desta vez na história está a redefinir o significado da conectividade para os consumidores, indústrias e sociedade.”

O CES 2020, que teve lugar em Vegas no início de janeiro, foi um dos últimos grandes eventos tecnológicos a manter uma presença física antes da pandemia mudar tudo. Um mês mais tarde, os organizadores do Mobile World Congress cancelaram o espetáculo de Barcelona devido à propagação do coronavírus. Muitas outras conferências de tecnologia e jogos, incluindo E3 e GDC, seguiram o exemplo.

Fonte: CNet

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here