Ver através das paredes? Sim é possivel

Mit boffins desenvolveu um novo sistema de inteligência artificial (AI) que consegue ver através das paredes usando redes sem fio.

Os pesquisadores do Laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) apresentaram o sistema RF-Pose, que através do uso de redes sem fio detecta movimentos humanos usando sinais de radio-frequência reflectidos nos corpos das pessoas. Este novo sistema foi treinado através do uso de ambos os sinais e dos dados relacionados com movimentos na câmera, a inteligência artificial poderia usar apenas sinais sem fio, sem radar ou infravermelho para criar um mapa de calor dos movimentos e obter uma estimativa dos movimentos e depois simplesmente edita-los em figuras engraçadas.

Durante os testes o sistema trabalha em más condições de iluminação para mais fácil e rapidamente reconhecer os movimentos do corpo. Para perceber melhor do que se trata visualize o video abaixo.

Os especialistas já estão a estudar que este mesmo sistema crie esqueletos em 3D para capturar movimentos ainda mais reais.

Nem tudo parece ser um mar de rosas, pois já bastantes especialistas começaram a levantar muitas questões acerca deste sistema, particularmente porque levantou algumas questões sobre a privacidade e o potencial de espionagem, o que poderá levar a um aumento da criminalidade.

Mit boffins já esclareceu que este sistema seria capaz de ver através de paredes e de outros objetos sem usar raios X ou outra radiação que poderá ser útil em operações de busca e salvamento após desastres naturais, como um terremoto ou furacão.

Esta tecnologia também tem potencial no mundo da medicina, onde a nuvem pode ser usada para seguir o desenvolvimento de doenças relacionadas com o movimento, como a doença de Parkinson, sem exigir que os doentes usem tecnologia intrusiva ou câmeras fotográficas espalhadas pela casa.

Os especialistas da MIT vêem esta tecnologia com potencial de manter pessoas idosas que querem ficar nas suas casas a morar sozinhas debaixo de olho, mas não dispensam a presença de um ser humano para situações de quedas ou algo semelhantes onde esta tecnologia não possa intervir.

Como muitas outras inovações da inteligência artificial, esta ainda é um projecto de pesquisa ao qual não espere vê-lo aparecer em breve no mercado. Mas segundo a MIT tem potencial para se apresentar brevemente no mercado.

Fonte: Extremetech

Veja também...

Deixe um comentário

avatar
  Subscrever  
Notificar de