Vendas de wearables devem aumentar 17% durante o ano

Red Magic 5G

A venda de wearables tem vindo a sofrer um crescimento assinalável e que se estima que se situe no final do ano na ordem dos 17%. A atividade industrial relacionada com estes equipamentos tecnológicos deverá atingir 30,5 mil milhões de dólares no exercício de 2017. Os dados são adiantados pela Gartner.

A mesma consultora estima que os smartwatches representem praticamente um terço da receita deste segmento, com cerca de 9,2 mil milhões de dólares e que serão originados pela venda de 41,5 milhões de relógios. Em 2021 a previsão de mercado aponta que deverão ser movimentados 80,96 milhões de unidades em vendas apenas nesse ano.

A Gartner considerou como wearables aparelhos para usar na cabeça, como por exemplo óculos de Realidade Virtual, auscultadores Bluetooth, câmaras werable, pulseiras inteligentes, relógios desportivos e outros tipos de monitores de atividades físicas.

O mercado deverá, ainda segundo o mesmo estudo, demorar a reagar quando dispositivos para a cabeça. A expectativa é que eles representem somente 7% das vendas de wearables em 2017.

Os auscultadores de Bluetooth esses entrarão em força no mercado por via da redução de equipamentos disponíveis com ficha jack. Em 2017 serão vendidos 150 milhões de auscultadores sem fios Bluetooth e que se vão transformar em 206 milhões de unidades dentro de quatro anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here